Opinião: A direita é burra e a esquerda insuportável – Portal Canaã

Opinião: A direita é burra e a esquerda insuportável

Coluna do Kleysykennyson

Foto: Reprodução da Internet

Enquanto a esquerda se apequena com Zé de Abreu presidente, a burra militância de direita toma conta dos debates mais importantes. Por pior que seja, Bolsonaro é o presidente legítimo e a oposição precisa trabalhar de forma coerente

Começou engraçada a história do Zé de Abreu presidente. A chacota com Guaidó, no entanto, tomou o lugar de uma oposição séria e a esquerda se apequena a cada dia que insiste na ironia. Políticos como Guilherme Boulos, Maria do Rosário, Dilma Rousseff e até Lula, dão corda à brincadeira e deixam clara a derrocada de uma esquerda que aprendeu a ser insuportável nas redes sociais e ineficiente na vida real.

A chacota com Zé de Abreu já deu o que tinha de dar; nada contra o humor, mas o momento é de um Brasil que recolhe os próprios cacos para recomeçar a olhar para o futuro. Em tempos de uma severa reforma da previdência, o humor, apesar de necessário, precisa vir acompanhado de um debate mais amplo e mais consistente. Se por um lado Bolsonaro ainda não entendeu que é presidente, a esquerda – que parece atordoada desde o impeachment – não percebeu que é oposição e precisa, mais do que nunca, repensar o seu papel.

Enquanto a esquerda vive na ficção e mostra estar mais desunida a cada dia, a direita permanece unida e cada vez mais burra. O presidente, que mostra total despreparo para o cargo que ocupa, continua trazendo o debate para o campo moral e ignorando, quase que diariamente, a árdua tarefa para qual foi eleito.

Seus filhos e militantes são um festival a parte de idiotice e parecem não ter entendido que a eleição acabou há quase cinco meses; agora, já não há necessidade de se fazer campanha, mas sim governar um país que seja melhor para todos.

No entanto, há um fato que é necessário ser destacado em relação à direita: se a esquerda se ausenta dos debates mais importantes, a militância de Bolsonaro, por mais burra que seja, continua ativa e disposta a defender até os erros do chefe de estado.

A esquerda precisa compreender que Bolsonaro, por mais despreparado e ruim que seja, é o presidente legítimo do Brasil. Em vez de brincar de oposição, o esquerdismo deve se descobrir oposição e tomar o lugar que lhe cabe; isso, claro, de forma coerente e embasada.

O outro lado, por sua vez, deve tomar as rédeas da situação, conduzir o país sem apelar para o moralismo de goela e não fugir dos assuntos que realmente importam.

Enquanto os dois lados permanecerem da forma que estão, tudo continua na mesma: a esquerda no mundo da lua, a direita no seu vasto vazio intelectual e o Brasil sem sair da pindaíba que está.

1 thought on “Opinião: A direita é burra e a esquerda insuportável

Deixe uma resposta