Solução hídrica de Parauapebas está além do racionamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Seca no Rio Parauapebas Foto: Jorge Clésio / Portal Canaã

O município é rico em recursos naturais e abundante em água potável. Tem sua extensão territorial 80% na Floresta Nacional de Carajás.

Apesar disso, há áreas críticas, onde a escassez hídrica deixou de ser apenas uma ameaça.

Para o cidadão comum, no entanto, a crise só é perceptível quando a cidade onde vive passa por racionamentos ou cortes de água.

Para conscientizar a população de que o problema da falta de água muitas vezes começa nas nascentes e afluentes dos rios.

Com a ferramentas simples de monitoramentos e mapeamento do ciclo hidrológico os cidadãos comuns e residentes ou donos de terrenos onde há recursos hídricos podem, juntos, executar ações que ajudam a preservar e recuperar os rios e as nascentes. Também podem observar a degradação da natureza em sua volta .

A floresta funciona como um agente importante no ciclo hidrológico porém este ciclo foi alterado e os reflexos estão aí .

Pense nisso.  [Leia Mais Sobre o Rio Parauapebas]

Deixe uma resposta

Leia mais