Webinar discute ciência na Amazônia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
O ITV-DS se uniu a Fiocruz e a um grupo de mais de 80 pesquisadores em 13 estados e no exterior para realizar o sequenciamento do genoma de mais de mil amostras do novo coronavírus

Amanhã, 9/12, um webinar celebra os 10 anos de criação do Instituto Tecnológico Vale e do Fundo Vale com o tema “Ciência na Amazônia: Informação, bioeconomia e sustentabilidade”.

O Instituto Tecnológico Vale foi criado em 2010 e tem duas unidades: uma em Belém (PA), que faz pesquisa na área de desenvolvimento sustentável, e outra, em mineração, com sede em Ouro Preto (MG). Segundo o Gerente do Conhecimento Científico do ITV-DS, Guilherme Oliveira, o instituto tem como objetivo desenvolver soluções tecnológicas e científicas para os desafios da cadeia de mineração e sustentabilidade nos territórios em que a Vale está presente. “O ITV tem várias linhas de pesquisa, que no conjunto conseguem contribuir para a ampliação do conhecimento sobre a natureza, o meio ambiente e a inserção das pessoas no território, contribuindo para que as atividades da Vale fiquem dentro de parâmetros de sustentabilidade”, explica.

Durante a pandemia, o ITV-DS se uniu à Fiocruz e a um grupo de mais de 80 pesquisadores em 13 estados e no exterior para realizar o sequenciamento do genoma de mais de mil amostras do novo coronavírus, com o objetivo de conhecer melhor o vírus e contribuir com o combate à doença.

Já o Fundo Vale trabalha desde 2010 pela conservação ambiental e pelo crescimento dos negócios sustentáveis. Foram mais de 70 projetos apoiados, R$ 135 milhões investidos e 60 municípios impactados positivamente. Tudo por meio da colaboração e da parceria de 33 instituições socioambientais. Recentemente, o Fundo Vale anunciou parceria com a Microsoft e o Imazon para criar uma ferramenta de Inteligência Artificial que antecipa informações de regiões com maior risco de desmatamento e incêndios na Amazônia. A previsão é que a tecnologia esteja disponível na próxima estação seca da Amazônia, até julho de 2021.

Na pauta do encontrovirtual, que será aberto ao público (https://cutt.ly/10anosITV_FundoVale), estão as temáticas: Ciência e informação para a Amazônia 4.0″; Olhar da pesquisa e a bioeconomia e Ciência e inovação para uma Amazônia sustentável. A programação reunirá representantes de importantes instituições que contribuem para o desenvolvimento da ciência e pesquisa na Região Norte, como a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), Embrapa Amazônia Oriental e o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). O evento contará com a mediação da Agência Bori e será realizado das 9h às 11h.

Deixe uma resposta

Leia mais