Inova Up: Jovens apresentam projetos para empreendedorismo na Amazônia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Equipes de Parauapebas e Canaã dos Carajás já apresentaram seus projetos e aguardam o resultado da seleção que deve ser divulgado a partir de 13 de dezembro

“O Programa Inova Up mudou totalmente a minha história e a forma de enxergar o potencial do meu trabalho. Uma experiência sem igual, que me trouxe expectativas de crescimento para mercados que sonhava em alcançar e que sem a orientação do projeto iria ocorrer em passos lentos. Hoje me vejo como uma pessoa que pode incentivar o desenvolvimento sustentável da minha cidade”, a fala cheia de motivação é de Claudene Brito, ela é de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, e está participando do programa Inova Up.

Ela integra a equipe EcoCanaã, uma das finalistas da fase de pré-aceleração do Inova Up, iniciativa da Fundação Vale, desenvolvida em parceria com o Centro de Empreendedorismo da Amazônia e investimento da Wheaton Precious Metals. Assim como EcoCanaã, mais de 20 outros negócios dos municípios de Marabá, Canaã dos Carajás e Parauapebas, concorrem a vaga para a próxima fase do Inova Up, a de Aceleração. Ao longo desta semana, os jovens empreendedores farão o pitch (breve apresentação) de seu negócio, que é uma apresentação breve sobre o produto e/ou serviço do empreendimento que foi construído durante o primeiro ano de execução do Programa.

As apresentações acontecem de forma presencial, nos municípios de origem dos grupos (Marabá, Canaã dos Carajás e Parauapebas), respeitando os protocolos preventivos, como distanciamento social, uso obrigatório de máscara e álcool em gel. Também só está sendo autorizada a participação de pessoas que estão 100% vacinadas, ou seja, que já tomaram as duas doses na vacina, comprovadas em carteira de vacinação.

  Escola Primeiro Mundo oferta 49 bolsas para ensino fundamental e médio em Canaã dos Carajás

Os trabalhos avaliados e selecionados serão acelerados, ou seja, receberão apoio em diversas áreas, além da possibilidade de receberem capital direcionado para compra de equipamentos, insumos, formalização etc.

“Estamos com boas expectativas para esta fase do programa. Teremos a oportunidade de ver o potencial dos jovens empreendedores do sudeste do Pará e os resultados do trabalho desenvolvido ao longo de um ano inteiro de muito trabalho. Com o Inova Up estamos fomentando a inovação e ampliando as possibilidades de trabalho e renda, essenciais para desenvolvimento social”, destaca o gerente do Território Norte da Fundação Vale, Marcus Finco.

Nem o cenário de pandemia e a necessidade de se adequar ao formato de capacitação com 100% das atividades realizadas on-line, desmotivou os jovens empreendedores, como o Márcio Alves, de Parauapebas. “O programa Inova Up está sendo uma experiência incrível para mim e tenho certeza para todos que tem o sonho de empreender. Grande parte das pessoas tem ótimos projetos, entretanto, não tinham uma estrutura consolidada para desenvolver, mas agora com essa oportunidade que o programa está oferecendo será um grande avanço, uma vez que estamos ao lado de grandes nomes do empreendedorismo, pessoas que fazem o máximo por todos os participantes. E tenho convicção que agora com essas oficinas irei me tornar um grande empreendedor”, afirma.

  Mais de 1 milhão de pessoas visitaram o Portal Canaã em 2021

O grupo de Márcio apresentou sua proposta de negócio na segunda (29/11), em Parauapebas. Já o grupo de Claudene enfrentou a mesa avaliadora ontem (1/12), em Canaã dos Carajás. Nesta quinta (2/12), a agenda de apresentações encerra com os grupos de Marabá.

O resultado das avaliações deve ser divulgado pela coordenação do Inova Up a partir de 13 de dezembro.

Para os selecionados, a próxima fase é a Aceleração, que deve iniciar em janeiro de 2022 e terá duração de 12 meses. Nesta etapa, o programa vai apoiar as equipes com os melhores desempenhos em diversas áreas (jurídico, contábil, vendas, marketing, produção e etc). Já a última etapa, Monitoramento, prevê que as empresas já estejam no mercado ou seja, prontas para seguir com seus negócios de forma independente e recebam acompanhamento técnico durante seu primeiro estágio, num período de 3 meses.

Sobre a Fundação Vale
Criada há 52 anos, a Fundação Vale apoia e fortalece políticas públicas de educação, saúde e geração de renda, e fomenta negócios sociais nos territórios de atuação da Vale. A partir do diálogo e da imersão nos territórios, desenvolve e executa projetos sociais voluntários que visam à melhoria da qualidade de vida e fortalecem o acesso das comunidades aos seus direitos e serviços públicos essenciais.

  Van com destino a Canaã pega fogo na PA-160

Sobre o Centro de Empreendedorismo da Amazônia:
O Centro de Empreendedorismo da Amazônia, é uma associação da sociedade civil sem fins lucrativos cujo objetivo é atuar na promoção e articulação de negócios sustentáveis na Amazônia. Seu principal objetivo é contribuir para um aumento expressivo nos negócios sustentáveis na Amazônia através do fortalecimento e promoção do empreendedorismo.



Deixe uma resposta

Ofertas