Horizontalização e Verticalização – Portal Canaã

Horizontalização e Verticalização

Mineração na Amazônia. (Mario Tama / Staff/Getty Images)

Verticalização: é a estratégia que prevê que a empresa produzirá produtos de maior valor agregado próximo da origem dr sua fonte de matéria prima e insumos , ou seja produzirá tudo o que puder, ou pelo menos tentará produzir o maior número de produtos da cadeia produtiva.

Foi predominante no início do plano Nacional de desenvolvimento industrial brasileiro do setor mineral e siderúrgico nas décadas de 60 , 70 , 80 na região sudeste do país quando as grandes empresas praticamente produziam tudo o que usavam nos produtos finais.

É definida como uma estratégia em que a empresa “ produz de forma integrada ”. A verticalização era decorrente da preocupação em manter o controle sobre o suprimento de matéria prima , posicionamento geográfico e logística, domínio sobre as tecnologias de processo, de produtos e negócios ( patentes industriais), entre outras.

Porém, o elevado número de atividades realizado internamente acarretou problemas gerenciais devido ao aumento da dependência das empresas verticalizadas na cadeia e do porte da empresa, e atividades não ligadas diretamente ao negócio principal de forma integrada e continua , com conseqüências para a produtividade , competitividade e eficiência e o foco no custo de produção.

A horizontalização passou a ser uma opção para a ampliar a oferta de empregos e manutenção do plano de desenvolvimento da região focando a capacidade e competitividade das empresas.

Horizontalização:

consiste na estratégia de comprar de terceiros o máximo possível dos itens que compõem a matéria prima original o insumo final ou os serviços de que necessitam ou seja desrnvve uma cadeia de fornecedores de matéria prima , monta uma entreposto de materiais e insumos , padronização e homogeneização processo e preparação da mistura para entrar no processo da verticalização.

É tão grande a preferência da empresa moderna por ela que, hoje em dia, um dos setores de maior expansão foi o de recuperação de áreas degradadas e terceirização , parcerias e arrendamentos na exploração mineral e verticalização da cadeia .

De um modo geral não se terceiriza os processos fundamentais (core process), por questões de detenção tecnológica, qualidade do produto e responsabilidade final sobre ele.

Pode ser definida como uma estratégia em que a empresa “faz bem algumas coisas domina o processo de recuperação de rejeito, explora recurso minerais de teores variados e agrega valor no produtos final com maiores margens gerando empregos e renda na região.

Vamos devagar com o andor por o santo é de barro .

O Pará sustentável é o que todos nós queremos.

Deus no comando .
Vamos adiante .

WJN

COMENTAR VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.