ANM aprova relatórios finais de sondagem do projeto de cobre Planalto em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Complexo S11D Eliezer Batista, em Canaã dos Carajás Foto: Grazianno Medina
Complexo S11D Eliezer Batista, em Canaã dos Carajás Foto: Grazianno Medina

A Lara Exploration anunciou nesta segunda-feira (4)  que a Agência Nacional de Mineração (ANM) aprovou os relatórios finais de sondagem para três licenças no projeto de cobre Planalto, em Canaã dos Carajás (PA). A Lara divulgou que o parceiro da Companhia, Capstone Mining Corp, aprovou um orçamento para concluir pesquisas geofísicas e perfurações adicionais nas próximas semanas.

Segundo a Lara o planejamento é de aproximadamente 2 mil metros de  perfuração de núcleo de diamante até o final do ano, focados principalmente nas extensões, onde a mineralização de cobre e ouro. O trabalho planejado também inclui uma pesquisa de polarização induzida por orientação  e análises geoquímicas adicionais do núcleo de perfuração para orientar a perfuração e identificar novos alvos.

Sobre o Projeto Planalto

Localizado próximo à mina de cobre Sossego da Vale e à mina de cobre Oz Minerals Antas, na província mineral de Carajás.  A Lara tem a opção de comprar 100% do Projeto Planalto, efetuando pagamentos em dinheiro no valor total de US $ 500.000 (US $ 200.000 pagos até o momento) e pagando royalties de NSR de 2% em qualquer produção (a Lara se reserva o direito de comprar 50% desse royalty por pagamento em dinheiro de US $ 2 milhões).

 A Lara possui um contrato de ganho realizado com a Capstone que pode receber até 70% no projeto, financiando estudos de exploração, viabilidade e elegendo financiar , construir e gerenciar uma operação de mineração comercial.

Veja também:  Vale cria sistema de gestão de energia que reduz emissões e custo de operações

Deixe uma resposta

+ Sobre