Tucumã é campeã da 16ª Edição da Copa Extremo Sul do Pará de Seleções

A seleção de Tucumã é a grande campeã da 16ª edição Copa Extremo Sul Pará de seleções, ao vencer de forma espetacular o selecionado de Ourilândia do Norte pelo placar de 3 x 0. O jogo foi no estádio Décio Hendges (Necão), na cidade de Ourilândia do Norte, que recebeu um público (segundo os dirigentes) acima de duas mil pessoas. Os gols foram marcados por Alessandro (2) e Boca.

Quem foi ao estádio em Ourilândia, reconheceu que a decisão foi uma das maiores festas esportivas já realizadas no sul do Pará.

Em campo as duas seleções mostraram equilíbrio emocional e não teve qualquer confusão dentro ou foram do gramado. Técnica e taticamente as duas seleções deram um show à parte e mostraram a força do futebol regional.

Ourilândia campeã do ano passado buscava o segundo título e entrou em campo com a vantagem de 2 x 0. Para alguns foi surpresa a vitória de Tucumã, que no primeiro jogo ficou apática dentro de campo, mas para outros, Tucumã dessa vez, jogou seu melhor futebol.

Fixa Técnica: A partida foi dirigida por um quarteto da Liga Esportiva de Xinguara. Roserval Ramos foi o árbitro central tendo como auxiliares Lucas Aleixo e Gonçalves Miranda. O delegado do jogo foi Vando Guimarães.

As duas equipes tiveram a seguinte formação: Tucumã: Pará, Naldo (Rafael), Maxilei, Vilson e Preto; Gilmar, Rafael (Wideglan) e Pedro. Boca, Alessandro e Diego.

Ourilândia com Max. Wiliam (Fustel), Railson, Paulo Junior e Rato; Mauricio (Ramires), Léu Moura (Eduardo) e Junior Maranhão. Leozinho, Barruan (Douglas), Maninho.

Amarelou para os jogadores Pará, Naldo e Wideglan (Tucumã). Leozinho da seleção de Ourilândia foi expulso de campo no segundo tempo de jogo.

No final da partida a comissão organizadora presidida pelo presidente da Liga Esportiva de Redenção, Vilson Cabral fez a entrega das premiações. R$ 3.500 para o vice e R$ 6.000 para o campeão.

Os artilheiros da competição foram Wilisney (Xinguara) e Bife (Sapucaia) com 5 gols cada. O goleiro menos vazado foi Douglas Mota (Xinguara) com 3 gols sofridos.

A 16ª Edição da Copa Extremo Sul Pará de Seleções teve 34 jogos e 83 gols marcados.

Como detalhe, o secretário de Esportes de Tucumã, Bian Cardine de Sousa, informou diante do público e de seus jogadores, que “metade do valor da premiação será revertida para a compra de sextas básicas para as famílias carentes de seu município”. Esse gesto arrancou aplausos de todos os presentes.

Detalhe:  A partida em Ourilândia marcou também a despedida do árbitro Roserval Ramos do quatro de árbitros da Liga Esportiva de Xinguara. O mediador fez essa afirmação ao jornal Manancial, ainda nos vestiários. Roserval que há vários anos milita na arbitragem, fez um bom trabalho na decisão de ontem, e não interferiu no resultado da partida, pelo contrário, manteve o equilíbrio do jogo.

Ausência: Por ocasião da reunião em Xinguara, no mês de agosto, o diretor do departamento de futebol do interior da Federação Paraense de Futebol (FPF), senhor Mário Ferreira Santana, esteve presente. Mas dessa vez, na decisão da copa, em Ourilândia, o departamento não enviou nenhum representante.

Cidades de já foram campeã:

2006 – Sapucaia
2007 – Xinguara
2008 – Redenção
2009 – Redenção
2010 – Redenção
2011 – Redenção/Rio Maria/Sapucaia (Não houve final e o título foi dividido entre as três cidades)
2012 – Floresta do Araguaia
2013 – Floresta do Araguaia
2014 – Redenção
2015 – Ourilândia do Norte
2016 – Tucumã

Seleção de Tucumã goleu ourilânda
Com informações de Moraes Filho/ Fotos Ray Alves

 

 

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta