Clube do Remo apresenta reforços para a continuidade da temporada

Neto Baiano e Cris chegam para somar no elenco azulino

Foto: Samara Miranda / Ascom Clube do Remo

O Remo anunciou na noite desta segunda-feira (29), a contratação de Neto Baiano, atacante que estava no Vitória-BA. O atleta, com currículo extenso de clubes importantes, chega com status de grande nome para o restante da Série C 2019 e também para o início da Copa Verde, já na fase de oitavas de final.

Dentre tantos clubes, Neto tem passagens por Palmeiras, Athletico-PR, Ponte Preta, além de ter jogado na Ásia, nos países: Vietnã, Coreia do Sul e Japão. No clube rubro-negro da Bahia, ele estava encostado no banco de reservas, mesmo com o histórico de ser o maior artilheiro do Barradão, com 53 tentos marcados.

No Vitória, ele encerrou sua quarta passagem no clube. Nesta última, pouco foi utilizado, tanto que balançou as redes em apenas uma oportunidade. O atacante não jogava desde o início de julho, quando atuou na derrota contra o Cuiabá, no Barradão. Mesmo com poucas chances, Neto não poderia atuar mais na Série B, pois já tinha oito jogos na temporada atual, sendo assim estava impedido de atuar na mesma competição por outro clube. A saída foi ir para a Série C e à Belém, para o Remo.

Com Neto Baiano, o clube paraense soma o sexto jogador da posição a ser contratado em 2019. Mário Sérgio, Edno e David Batista chegaram, mas já não fazem parte do clube, em contrapartida, Higor e Marcão ainda permanecem. Inclusive, o último citado, é o principal goleador do setor com três gols. Ao site do clube, Neto afirmou que está à disposição do time para ajudar.

Veja também:  Grêmio x Palmeiras: saiba onde assistir ao vivo online hoje (24/11), pelo Brasileirão

Eu vinha jogando e estou bem preparado. Espero chegar e ajudar meus companheiros da melhor forma possível, seja jogando ou não”, declarou.

Junto com Neto Baiano, o clube também apresentou o zagueiro Cris, de 31 anos, que estava no River (PI). Revelado pelo Corinthians, o experiente defensor tem passagens por clubes do interior paulista, além do futebol venezuelano. O jogador falou também ao site do clube, sobre sua características e elogiou os jogadores do setor onde atuará.

‘’Sou um zagueiro ”leve”, tenho boa mobilidade sou um zagueiro de pegada, gosto de chegar firme e se o professor quiser me usar em outras posições como lateral-direito, eu posso ajudar. O Remo tem grandes jogadores no setor defensivo, inclusive quando eu estava no Sergipe, o Mimica estava no Confiança, sei bem quem é o Mimica, é um grande jogador e o segredo é agregar o trabalho. Eu sei que eles vêm se destacando fazendo gols, o trabalho aqui está sendo bem feito e pelo fato de um zagueiro ser o artilheiro do time mostra que a parte defensiva vem se destacando. Vou chegar com a minha experiência e com aquilo que eu tenho de melhor e um vai crescendo com o outro. Quem vai ganhar é o Remo”, finalizou.

Veja também:  Flu deixa vitória escapar contra o Avaí e ainda corre risco de queda

O Clube do Remo volta à campo, já nesta quinta-feira (1), para enfrentar o Tombense, no Mangueirão. A partida será válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, a partir das 20h (horário de Brasília). O time é o 3º colocado do Grupo B com 22 pontos, dois a menos do que o Paysandu, 5º colocado.

Reportagem: Ruan Silva

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta