OPINIÃO: Mercado de commodities afunda Vale, Petrobras e mineradoras

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mais um dia de forte tensão na bolsa brasileira.

O ano mal começou e as bolsas sofrem o impacto das más notícias sobre o crescimento chinês.

A onda de choque atingiu as commodities fortemente.

O barril de petróleo caiu 6% para US$33.91. A notícia fez a Petrobras perder 4,6% somente hoje. A nossa petroleira está sofrendo um quase cheque mate já que com esse preço a maioria dos poços do pré-sal estão no vermelho.

Já os papéis da Vale literalmente desintegraram durante o dia e a empresa amargou perdas de quase 8%.

As nossas maiores siderúrgicas tiveram um dia apavorante com quedas maiúsculas: a CSN caiu 13,95%, a Usiminas -8,96% e a Gerdau afundou 7,63%.

A queda foi generalizada entre a maioria das mineradoras mundiais. A Rio Tinto caiu 4,8%, a Fortescue -8,14% e a BHP caiu 6,22%.

Já as mineradoras de ouro celebraram novas altas. A AngloGold subiu 4,89%, a Yamana 5,95% e a Barrick Gold 4,67%.

 

Pedro Jacobi  do Portal do Geólogo

Deixe uma resposta

Leia mais