Horizonte Minerals divulga estudo de viabilidade do projeto de Níquel em Conceição do Araguaia


Foto: Reprodução/Horizonte

A Horizonte Minerals divulgou nesta segunda-feira (29), os resultados do estudo de viabilidade no projeto de níquel Araguaia, localizado no município de Conceição do Araguaia.

No estudo divulgado pela mineradora de níquel, mostra que ao longo de uma vida de 28 anos, o Projeto Araguaia gerará cerca de US $ 1,6 bilhão em fluxos de caixa, com potencial para ir além disso.

Desenvolvimento continuo 

A Horizonte anunciou que o estudo de viabilidade trabalhou para um projeto que permite a construção futura de uma segunda linha de processo de forno elétrico rotativo, com o potencial de dobrar a capacidade de produção de 14.500 toneladas por ano de níquel para 29.000 toneladas.

O estudo mostrou que o Araguaia tem um valor presente líquido de US $ 401 milhões e tem uma taxa interna de retorno de 20,1%. Os custos caixa deverão ser de US $ 3,72 por libra de níquel, ou US $ 8.193 por tonelada, tornando o Araguaia um produtor de baixo custo.

Se o preço médio de níquel de consenso de mercado de US $ 16.800 por tonelada for utilizado na modelagem, pós-imposto aumentará para US $ 740 milhões e a TIR para 28.1%.

A estimativa de custo de capital é de US $ 443 milhões, incluindo US $ 65,3 milhões de contingências.

As perspectivas para o mercado de níquel são robustas, com a demanda crescendo em torno de 5% nos próximos três a cinco anos, tanto no setor tradicional de aço inoxidável quanto na nova demanda de crescimento no mercado de baterias para veículos elétricos.

Confira o Fluxograma do Projeto Níquel Araguaia 

Fluxograma Níquel Araguaia

 

 

COMENTAR COM FACEBOOK