Há cerca de 15 anos o Brasil estava na frente da TV assistindo á posse de uma figura que para muitos surpreendentemente chegara á cadeira de presidente da república – votei nele observava admirado o acontecimento e com respeito pela democracia brasileira.

Era um novo ciclo cheio de esperança.

Hoje o mesmo Brasil assiste na TV aquele personagem seguir um cortejo diferente em direção á merecida prisão – depois de anos de suspense, mais uma vez as instituições e a justiça prevalecem como âncoras de um sistema que resiste com muita força á tanto esforço de destruição.

O Lula que vai no cortejo de hoje não tem nada a ver com o Lula de 15 anos atrás exceto na cabeça de poucos brasileiros fanáticos.

É um homem mais rico com dinheiro roubado, uma liderança decepcionante, um exemplo de mau caráter, mais um na fila dos que se lambuzam na corrupção do poder e o pior, entra para a história como um grande traidor dos brasileiros mais necessitados, mais humildes que por algum tempo acreditaram na fórmula mágica da impressão do dinheiro, do diploma impresso sem conteúdo e do acesso à moradia e ao consumo temporários como se fossem eternos e possíveis sem investimento em fundamentos econômicos e sociais.

Embora simbólico, Lula não é o único e muitos já estão e outros tantos chegarão ao mesmo endereço o povo esta de alma lavada e o país continua na sua normalidade institucional.

Viva o Brasil !

Mais uma vez a esperança venceu a arrogância e a hipocrisia.