Moradores da Vila Bom Jesus se reúnem e buscam Ação contra Equatorial Energia

Reunião aconteceu no centro da Vila com intuito de organizar a Ação Civil Pública. O movimento é organizado pelo vereador Cleverson Zajac e líderes da comunidade.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Em Canaã dos Carajás, os moradores da Vila Bom Jesus, umas das maiores comunidades do município, continuam enfrentando dificuldades ao necessitaram de um benefício básico para o dia-a-dia, a anergia elétrica fornecida pela Equatorial.

O problema, vem causando transtornos diários aos consumidores da localidade, além de prejuízos aos comerciantes e produtores rurais, o que motivou a busca por soluções às autoridades municipais.

“Quando falta energia eu não tenho como tirar o leite porque tudo para de funcionar. Já cheguei a perder tanques e tanques de leite por causa disso”.

Em Março, após constantes reclamações dos moradores, o vereador Cleverson Zajac(mdb), anunciou o protocolo de um ofício pedindo esclarecimentos e soluções para os problemas da Vila. Segundo o vereador, o ofício não foi devidamente respondido pela Equatorial, o que lhe restou agora formalizar uma Ação Civil Pública.

Nesta segunda (3), os moradores da vila e vicinais se reuniram, justamente com o vereador e sua equipe, para tratar da organização da Ação Civil Pública contra a empresa consessionária, Equatorial que, já foi alvo de diversas denúncias.

Vereador junto com líderes da comunidade

 “Nós dependemos da energia para produzir, as nossas entregas atrasam e os nossos clientes podem até achar que nós estamos com irresponsabilidade”, destacou Cláudia Oliveira, costureira. 

Produtores rurais, comerciantes e moradores da vila, que se sentem lesados, irão apresentar suas unidades consumidoras, protocolos de atendimentos e prejuízos ocasionados pela constante falta de energia elétrica.

  Iluminação de Canaã dos Carajás será trocada por lâmpadas de LED
Edimilson relata sobre a precariedade do fornecimento de energia e problemas constantes enfrentado pelos moradores

“Se falta energia, automaticamente não tem internet para as crianças estudarem, o professor não tem como dar aula e no posto de saúde não tem atendimento, às vezes, o paciente vai fazer o tratamento odontológico e precisa voltar para casa sem fazer o procedimento porque não tem energia para ligar o equipamento”, destacou Tatiane Sousa, professora. 

Segundo o vereador, a ação buscará indenização por danos materiais coletivos e pessoais da comunidade.

Cleverson detalha os procedimentos a serem seguidos

O Portal Canaã entrou em contato com a Equatorial Energia para falar sobre a situação da Comunidade. A empresa enviou o seguinte esclarecimento:

Em relação às reclamações de falta de energia constante na Vila Bom Jesus, município de Canaã dos Carajás, a Equatorial Energia Pará informa que as equipes de manutenção já começaram a fazer melhorias no local como, por exemplo, podas de árvores, substituição de cruzetas e isoladores danificados, e também o dimensionamento de fusíveis no circuito. Até o fim desta semana ainda haverá a divisão de circuito para que um sistema exclusivo atenda a vila.

O principal motivo dessas quedas é que há muitas ligações clandestinas, ou seja, desvios de energia por parte de outros moradores próximos ao local.

Além dos muitos prejuízos que o desvio de energia pode gerar à sociedade, existe também um grande risco para a vida daqueles que fazem intervenções no sistema elétrico sem a devida qualificação e autorização da Equatorial Energia, por isso, é importante destacar que somente profissionais habilitados podem fazer procedimentos na rede elétrica.

Para qualquer solicitação, a empresa reforça que os clientes podem entrar em contato por meio dos canais de atendimento no telefone 0800 091 0196, no site www.equatorialenergia.com.br, pelo aplicativo disponível para Android e IOS, e também pelo WhatsApp disponível no número (91) 3217-8200.

Deixe uma resposta

Leia mais