Vale pode adiar ramp-up do S11D, diz Morgan Stanley

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

O Morgan Stanley disse, em relatório publicado nesta segunda-feira (14), que as principais mineradoras de minério de ferro do mundo podem conter a produção para estimular uma alta nos preços da commodity. Segundo o banco, a Vale pode retardar o ramp-up do projeto S11D, em Canaã dos Carajás, enquanto BHP Billiton e Rio Tinto devem segurar a expansão ou cortar a produção na Austrália.

Somente o projeto S11D deverá adicionar 90 milhões de toneladas de minério de qualidade imbatível por ano. Este minério, por não ter competidor, terá um valor mais elevado (prêmio) e irá deslocar a tonelagem equivalente do mercado mundial.

Além da qualidade o minério S11D terá embutido um custo operacional muito baixo, próximo dos US$10 por tonelada o que o torna imensamente competitivo.

Redação do Portal Canaã com noticias da mineração.

  Dos 15 candidatos indeferidos, 9 voltaram a ficar aptos para eleições em Canaã dos Carajás

Deixe uma resposta

Leia mais