Vale abre as portas para visita do prefeito e autoridades a barragem do Sossego

Uma comitiva formada por representantes dos poderes executivo e legislativo de Canaã dos Carajás visitou na manhã desta quarta-feira (17), a convite da Vale, na Mina do Sossego, localizada no município. O objetivo da visita foi apresentar a mina e o sistema de segurança da barragem de rejeitos do empreendimento. Estiveram presentes o vice-prefeito, Alexandre Pereira, o chefe de Gabinete, Edilson Valadares, o presidente do Idurb, Alisson Milhomen, o procurador-geral Hugo Leonardo, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Jurandir José dos Santos e de Planejamento, José Luiz dos Santos. Também participaram da visita o presidente da Câmara, Jean Carlos, e a presidente da subseção da OAB no município, Josemira Gadelha.

A Vale assegura que, nesse momento “todas as estruturas estão funcionando em absoluta normalidade, seguindo a legislação vigente e com todos os aspectos de segurança garantidos, assim como a empresa possui Planos de Ações Emergenciais (PAEBMs) para todas as estruturas em que há exigência prevista na legislação”.

504617022016170621

Sobre a Mina do Sossego

Descoberta em 1997, a Mina do Sossego teve a sua construção iniciada em 2002 e começou a operar em dois anos depois, em 2004. O empreendimento é formado por dois corpos minerais, denominados Sossego e Sequeirinho. A entrada em operação da mina marcou o início da diversificação mineral da Vale. A unidade responde hoje por significativa participação na produção brasileira de cobre.

O processo de extração de cobre da Mina do Sossego é realizado a céu aberto. Após o processo de beneficiamento, a produção é transportada por caminhão até o Armazém de Cobre, em Parauapebas, depois segue pela Estrada de Ferro Carajás (EFC) até o Terminal Marítimo de São Luís, onde é embarcado para os mercados interno e externo.

O cobre é um dos metais mais utilizados no mundo hoje, atrás apenas do ferro e do alumínio, sendo largamente empregado na geração e na transmissão de energia, em fiações e em praticamente todos os equipamentos eletrônicos, como a televisão e o telefone celular.

Na unidade também são empregadas tecnologias e ações para a preservação ambiental. O percentual de 99% de toda água empregada no processo de produção é totalmente reutilizado. O número representa uma redução anual no volume total de água captada de 900 mil metros cúbicos, quantidade suficiente para abastecer uma cidade de 25 mil habitantes por seis meses.

 

 Portal Canaã, com informações da mineradora Vale.

 

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta