ROYALTIES: Canaã dos Carajás já recebe por mês o que recebia em um ano

Canaã já recebeu mensalmente valores que custaria um ano para ganhar

Centro de Canaã dos Carajás | Foto: Jorge Clésio

Após o rump-up do S11D, com o início das exportações para o mercado internacional, e a continuidade de produção do projeto Sossego, Canaã dos Carajás viu sua compensação pela exploração do solo, subir exponencialmente.

Canaã dos Carajás comporta o maior projeto de mineração do Planeta Terra e, também, o maior empreendimento da história da Vale, o S11D, como afirma a própria empresa, que é a maior exportadora de Ferro do mundo e primeira do Brasil, graças aos projetos na província Carajás.

Canaã, que já recebeu mais de R$385 milhões de Royalties em 10 anos, hoje está ‘na mira no mercado minerário’, por conta da crise ‘das barragens’ e por comportar o projeto moderno, de baixo custo e sem uso de água, que é o S11D.

Com isso, o município passar a ter um futuro imprevisível de receita, porém animador, pois os dados são crescentes. Apenas em 2019, Canaã já recebeu mensalmente valores que custaria um ano para ganhar, apenas em Janeiro o município recebeu mais de R$22 milhões em compensação, valor este, superior a todos os anos antes de 2016.

Essa mesma observação já era possível ser reparada no período de 2018, onde alguns meses, também, superaram a casa dos 20 milhões.

Recebimento de Royalties nos últimos 10 anos:

2009 17.377.157,17
2010 16.675.283,94
2011 19.395.865,10
2012 23.953.226,35
2013 25.818.309,96
2014 21.325.476,59
2015 24.562.652,40
2016 19.407.050,20
2017 40.256.143,19
2018 177.274.397,34
Total em 10 anos 386.045.562,24

Elaboração: Portal Canaã

Recebimento de Royalties nos últimos 2 meses:

Janeiro 22.444.161,31
Fevereiro 19.696.362,11

Elaboração: Portal Canaã

COMENTE VIA FACEBOOK

3 thoughts on “ROYALTIES: Canaã dos Carajás já recebe por mês o que recebia em um ano

Deixe uma resposta