Procon de Canaã alerta consumidores durante o Black Friday

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ

Hoje, sexta-feira, 27 de novembro, é uma daquelas datas em que o consumidor brasileiro espera o ano todo, a famosa “Black Friday”. Em Canaã dos Carajás, a temporada de compras pela metade do preço movimenta o comércio em seus diversos segmentos, no entanto, é preciso ter cautela na hora de ir às compras e não deixar que a corrida pela “economia”, cegue os consumidores.

Em uma conversa com o Portal Canaã, o diretor do Procon de Canaã dos Carajás, Wanderley Oliveira, fez um alerta para quem deseja investir na famosa “sexta-feira preta”. “Cada consumidor é um fiscal, então, é necessário que ele esteja atento a este evento, como monitorando os valores antecipadamente para que no dia da Black Friday não seja acometido de erros. As propagandas costumam mexer com o nosso psicológico e às vezes não nos atentamos para o valor do passado e deixamos para ficar somente com o valor do presente”.

Neste dia, as lojas abrem mais cedo e o “empurra empurra” é inevitável. Mas é importante também que o consumidor fique atento quanto às placas de precificação dos produtos que, muitas vezes, mais parecem uma caixinha de surpresas no momento do pagamento. “Os preços precisam estar visíveis para que o consumidor entenda aquilo que está sendo oferecido. Não se deixe levar pelas frases que vêm para manipular sua mente, leia atentamente a precificação”.

  Ano novo começa com vagas de emprego em Canaã dos Carajás

Wanderley alerta ainda sobre a política de teste e troca de produtos defeituosos durante a compra. “O cliente tem seus direitos assistidos pela Lei do Consumidor, e, com relação aos produtos eletrônicos adquiridos durante este evento, eles precisam e devem ser testados no ato da compra, e se apresentarem defeito ao deixar a loja, o consumidor tem todo o direito de solicitar a troca dos produtos sim, ele tem que ter o seu direito preservado”.

A pessoa que se sentir lesada durante este dia de oferta, pode procurar o Procon para efetuar a denúncia. “Nós estamos aqui à disposição da população para atender da melhor forma possível. Às vezes as pessoas até acham que o Procon não trabalha, nós trabalhamos sim, mas para realizar as fiscalizações, nós precisamos ser acionados”.

Deixe uma resposta

Leia mais