“Prego batido e ponta virada”: Vice-prefeito de Canaã explica porque decidiu apoiar Jean Carlos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Jhonata Menezes / Ascom CMC
Foto: Jhonata Menezes / Ascom CMC

O vice-prefeito de Canaã dos Carajás, Alexandre Pereira, pôs fim à incógnita acerca de seu rumo político nas próximas eleições. A revelação foi feira durante seu discurso na noite desta terça terça-feira, 10, durante a 6ª Sessão Ordinária na Câmara Municipal.

Desde o início do mandato, o ex-petista acreditava que seria o nome indicado para suceder Jeová Andrade na prefeitura da “Terra Prometida”, mas foi durante uma reunião realizada em dezembro do ano passado, onde Jeová apresentou o resultado de uma pesquisa popular em que os pré-candidatos era comparados a animais, que Alexandre viu que não teria outra alternativa a não ser pular do barco onde navegou desde 2013 e apoiar o ex-presidente da Câmara Jean Carlos na disputa pelo trono de ferro da política canaanense .

“Quando se esgota o diálogo você escolhe um caminho, e foi isso que aconteceu, nós subimos o morro. Vocês precisam entender o nível que a política em Canaã dos Carajás chega e o critério que as pessoas usam para desfazer uma pessoa. Há dois anos, eu fui convidado para ser um dos pré-candidatos à sucessão do Jeová Andrade, alguns amigos me orientaram cautela porque ele deixou mais sete dizer que também era pré-candidatos, eu fiquei com um olho aberto e outro fechado, mas acreditei nele porque a nossa relação era muito boa, o governo estava dando certo, e para mim a palavra basta. Mas nesse dia [da reunião], eu fui chamado no hotel porque tinha que escolher o pré-candidato a prefeito do MDB, e eu fui surpreendido com o critério de pesquisa. Naquele momento eu rezei a Deus para ele me dar força para não explodir e aguentar aquilo ali até o final. Nessa pesquisa estava eu, o Geziel, Zito, Roberto e Josemira, o momento mais crucial para mim, foi na hora que foram tentar destruir o psicológico da pessoa com aquele critério que se usa em pesquisa para derrubar adversários (Pesquisa popular), onde as pessoas falavam que não votavam em mim porque eu sou mal educado, não recebo bem as pessoas, não ajudo ninguém e uso moto, a única verdade nisso aí é que eu ando de moto. Um outro critério foi pegar as fotos dos pré-candidatos, mostrar para os eleitores e deixar que eles dissessem com qual animal a pessoa se parecia e disseram que eu parecia com um porco, um poodle e um macaquinho; o Zito era uma Hiena, o Roberto Andrade, que é chefe de gabinete e patrão do MDB, era um cavalo manga larga, um reprodutor e a doutora [Josemira Gadelha] era uma leoa, uma garça, um avestruz”.

Revoltado, Pereira, acompanhado de Walter Diniz – MDB e líder do governo na câmara e do vereador Wilson Leite – PDT , decidiu romper com o governo e declarar apoio ao principal nome de oposição.

Veja também:  Gesiel Ribeiro é lançado como vice da chapa de Jean Carlos para eleições de Canaã dos Carajás

“E, quando terminou a comparação, eu disse “muito obrigado, já está escolhido, eu entendi o recado, vou pra casa. Eu só tenho três saídas: Ou eu fico com vocês, ou eu fico quietinho em casa ou eu escolho um caminho”. Mas Deus ainda mandou uns filhos Dele lá em casa para que a gente fortalecesse um grupo e encontrar uma forma de achar outra candidatura que não seja ela e que não seja outro, mas infelizmente esgotaram-se o diálogo e eu tomei outro caminho juntamente com o Walter Diniz e Wilson Leite e hoje estamos com o Jean Carlos”.

O prego ficou ainda mais difícil de ser removido após uma viagem do vice a Belém onde, juntamente com o novo grupo político, pôde conhecer de perto o poder de fogo que que está por vir.

“Nós fomos em Belém e lá eu entendi que, além de eu estar com o Jean Carlos em Canaã dos Carajás, eu também estou dentro de um projeto macro do Estado do Pará. Então, eu agradeço a todos os meus companheiros, agradeço ao prefeito porque eu consegui através do mandato e uma boa relação, ocupar a cadeira de prefeito em exercício por 146 vezes, é um fato histórico no Brasil e no mundo. Nesse momento eu prefiro olhar para as virtudes daqueles que decidiram trabalhar junto comigo e que tentaram “me achatar”. Eu agradeço a todos vocês e a minha decisão é 100% “prego batido e ponta virada” e nós vamos para a luta”, finalizou.

Veja também:  Atendimentos no Cartório Eleitoral de Canaã dos Carajás estão suspensos até 31 de março

Deixe uma resposta

+ Sobre