Pais relatam dificuldades para acessar nova plataforma de estudo em Canaã dos Carajás

A falta de estudos é o principal problema
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Família enfrenta dificuldades em acessar plataforma por falta de instruções

A proposta é inovadora, com as atividades em sala de aula suspensas em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, a Secretaria Municipal de Educação de Canaã dos Carajás disponibilizou o Google for Education, uma plataforma educacional que possibilita atividades interativas por meio da tecnologia.

Mas trazendo isso para a vida real, pessoas como a Adriana Pereira, uma mulher que estudou apenas até o 4º ano do ensino fundamental, o grau de conhecimento é limitado e o acesso à internet ainda mais. Dos oito filhos, cinco estudam na rede pública de ensino, mas na casa só tem um aparelho celular onde os dados móveis servem apenas para o aplicativo de mensagens instantâneas.

“Pela internet eu não estou conseguindo, primeiro porque eu não tenho um computador em casa, segundo porque eu tenho só um celular para os cinco meninos e mesmo assim, eu fico várias semanas sem colocar crédito. Sem falar que eu não entendo muita coisa que é passada para eles. Meu marido é analfabeto, como nós vamos ensinar se nem nós sabemos?”, questionou a dona de casa.

A mesma dificuldade é enfrentada pela Marcilene Silva. Na casa dela até tem Wi-fi, mas a mãe de cinco filhos também não possui um grau de instrução que possibilite desenvolver as atividades na plataforma.

“Nós só temos um telefone em casa e meu marido leva para o trabalho. Ele só chega às 21h em casa e é quando a gente tenta entrar nessa nova plataforma e não tem conseguido, eu já tentei acessar várias vezes com o login e senha que me passaram e nunca dá certo. Eu achei que eles fossem continuar a entregar as apostilas, porque nem todo mundo tem acesso à internet ou, assim como eu, não tem conhecimento de todos os assuntos. O meu filho mais velho está no 3º do ensino fundamental, mas tem coisas que eu não conheço e não consigo ensinar”, lamentou.

Deixe uma resposta

+ Sobre