IBGE realiza primeira reunião de Planejamento e Acompanhamento de Censo Demográfico 2020 em Canaã dos Carajás

IBGE em Canaã dos Carajás Foto: Jorge Clésio

Na manhã desta quinta-feira, 19, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizou no auditório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Canaã dos Carajás (SEMDEC), a primeira Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo Demográfico 2020.

Na ocasião, que foi etapa do processo, estiveram presentes representantes de sindicatos e secretários de governos que trouxeram consigo alguns dados levantados por suas respectivas pastas e que podem auxiliar no trabalho do instituto.

O principal objetivo do encontro era formar uma comissão para buscar recenseadores para os trabalhos de pesquisa de campo que devem iniciar em agosto de 2020, como explica Tereza Penha, coordenadora do IBGE. “O IBGE vai realizar no ano de 2020 o Censo Demográfico, que é uma operação que acontece de dez em dez anos, onde nós vamos em todos os municípios do país, visitando todos os domicílios para fazer o levantamento da população brasileira. Nós estamos na etapa de planejamento que é onde nós chamamos a sociedade e seus respectivos representantes, para que eles compartilhem conosco este processo, dando transparência ao nosso trabalho. Nós vamos formar um grupo para os trabalhos de campo. Hoje, nós queremos que as pessoas que estão aqui, como conhecedores da cidade, nos auxiliem nos mostrando o crescimento de ruas, da zona rural”.

O último levantamento do quantitativo populacional de Canaã dos Carajás foi realizado em 2010, onde apontou um total de 26. 716 habitantes. Em 2019 a estimativa é esse número tenha subido para 37.085. Mas segundo dados do Posto de Atendimento do Cartório eleitoral, o número de habitantes já ultrapassa os 39 mil. “O mais importante é nós mostrarmos o crescimento da população, porque a gente sabe que Canaã é um município que está havendo muito incentivo na economia, então, muitas pessoas estão migrando para cá em busca desse trabalho, e, dessa forma, houve um crescimento significativo dessa população, e nesse período é feito uma estimativa populacional”, explicou Tereza.

Durante o trabalho de coleta de informações, o IBGE levantará dados como raça, escolaridade e rendimento médio da família. Essa pesquisa populacional é feita por recenseadores através de visitas em todas as residências e os dados produzidos através delas poderão auxiliar nos mais diversos fins como, repasse de verbas federais e mensuração dos contingentes populacionais por idade e sexo.

Ainda durante a reunião, a coordenadora do IBGE falou acerca da instalação de um escritório próprio do instituto na cidade. “Nós vamos precisar do apoio da população para quando os recenseadores forem visitar o município. Serão pessoas estranhas que vão bater nas portas, então, estejam preparados e divulguem. Nós também queremos futuramente instalar os postos de coleta, que no caso, seria um escritórios do IBGE que serão abertos em todos os municípios onde seriam contratadas pessoas para que atuem dentro do município onde mora”.

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta