Categoria: Canaã Dos Carajás

Faltam 15 dias para a votação e onde estão os vereadores eleitos de Canaã dos Carajás?

Falta apenas 15 dias para o eleitorado de Canaã dos Carajás irem as urnas e decidirem qual a chapa será vencedora para o executivo municipal e quais os próximos 13 parlamentares que irão trabalhar na 7ª legislatura, de 2021 a 2024. E agora, trago mais uma análise.

Mas, cadê os vereadores eleitos, onde eles estão, pra que lado foram, o que fizeram? Bom, Canaã têm 13 vereadores onde duas são mulheres e onze homens e cada um ‘foi pra um canto’ no processo eleitoral.

As sessões, típico de período eleitoral, se tornaram locais de desabafos, ofensas e defesa de chapas. Mas vamos ao que interessa.

3 vagas estão vazias


Naturalmente, os Legislativo de Canaã têm 3 vagas disponíveis, pois Vânia Mascarenhas, esposa de Jean Carlos(podemos) e, Dionizio Coutinho, não registraram candidaturas, já, Gesiel Ribeiro, que também é vereador, deixou a carreira de vereador e saiu como vice na chapa de Jean para o executivo. No entanto, 10 concorrem a reeleição.

Quem está com Jean Carlos?

Jean Carlos coleciona a maioria dos vereadores que ainda têm mandato, o principal deles, seu vice, Gesiel Ribeiro, junto com sua bancada do antigo PHS, Baiano do Hospital e Rael da Marcenaria, seguido pelo presidente da Câmara, Wilson Leite, a vereador Maria Pereira, sua esposa, vereadora Vânia e o último líder do governo, que saiu do MDB para o PSD, Walter Diniz.

  • Gesiel Ribeiro, como vice
  • Baiano do Hospital
  • Rael da Marcenaria
  • Maria Pereira
  • Vânia Mascarenhas
  • Wilson Leite (presidente)
  • Walter Diniz

Quem está com Josemira Gadelha?

Josemira, ficou com seis dos 13 vereadores, sendo, Júnior Garra, que através do partido tem Zito Augusto como vice na chapa marjoritária, Flávio Gomes, que substituiu, Dionizio Coutinho, ao assumir uma altarquia no governo, João Batista e João Nunes, Anderson Mendes e Élio do Líder pelo partido Mdb.

  1. Júnior Garra (ex-presidente)
  2. Flávio Gomes
  3. Anderson Mendes
  4. João Nunes
  5. Élio do Líder
  6. João Batista

Quem era oposição?

Aparentemente, os vereadores conseguiam criticar, cobrar, fiscalizar mas, de fato, as votações era unânimes e favoráveis ao governo em todas as sessões.

Os candidatos sem vereadores…


Sobram Arildo da Escrimat, Júnior Super e Alexsandro da Bonança que apresentam apenas candidatos novos ao pleito no legislativo. Entram automaticamente em desvantagem, pois vereadores com mandatos, carregam e trazem em seu apoio a estrutura e influência que o poder lhes permite.


Por: Jorge Clésio – Conteúdo sob responsabilidade do autor.

Compartilhar
Por
Jorge Clésio