Empresários de Canaã participam de capacitação e rodada de negócios promovida pela Aciacca, Fiepa e Vale

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Durante a rodada, empresário locais puderam apresentar seus produtos e serviços para terceirizadas Vale e para todos os presentes
Durante a rodada, empresário locais puderam apresentar seus produtos e serviços para terceirizadas Vale e para todos os presentes

Empresários de Canaã dos Carajás participaram na última semana de dois eventos voltados para fortalecer o setor no município. Treinamento trouxe orientação sobre como formar um preço de venda e também como elaborar uma proposta comercial. Também uma manhã de rodada de negócios com um modelo diferenciado garantiu a apresentação do potencial das empresas para o fornecimento de bens e serviços. No final da matéria, confira também algumas dicas principais repassadas durante o encontro para quem deseja fechar negócios.

A ação foi promovida pela Associação Comercial, Industrial e Agroindustrial de Canaã dos Carajás (ACIACCA) em parceria com a Federação das indústrias do Pará/ REDES – Inovação e Sustentabilidade Econômica e com a Vale. Além da equipe de suprimentos da Vale, empresas terceirizadas da mineradora estiveram presentes para troca de informações, demandas e cartões de visita.

O presidente da ACIACCA, Pedro Antônio, destacou a maior participação das terceiras na rodada de negócios. “A gente sabe que a Vale tem um forte potencial de consumo, mas também as terceirizadas interagem com o mercado local. Na última rodada, a gente teve a presença de três terceiras e nesta última, foram oito”,  explicou. Participaram GR, MIP, Milplan, Vix, U&M, Manserv , RIP e Parex.

Há sete anos no mercado, a empresa associada da Aciacca, Semetra participou dos dois eventos. “O curso foi muito importante, assim como o evento para a gente apresentar a nossa empresa, apresentar quais produtos a gente oferece e justamente, para aquelas empresas que não são nossos clientes, de nos conhecer e a gente ter essa oportunidade de fechar novos negócios, novas parcerias”, declarou a coordenadora administrativa, Michele França.

Veja também:  Em entrevista, esposa diz que não sabia que marido estava armado no réveillon em Canaã dos Carajás

Essa  nova edição da Rodada de Negócios contou com o formato Supply Tank. Pelo modelo, todas as empresas presentes puderam apresentar seus produtos para todos os potenciais compradores e para os outros fornecedores. “Além dos nossosempresários aprenderem a formar preço competitivo e apresentar e formalizar propostas atrativas, fechamos hoje, com chave de ouro, com as apresentações. Acredito que foi um evento muito válido para o desenvolvimento e a relação econômica entre grandes empresas e o comércio local” comemorou o presidente da Aciacca.

Para o analista de Relações Institucionais da Vale, Fábio Queiroga, iniciativas como a rodada de negócios possibilitam maior aproximação entre as empresas terceiras e os fornecedores locais. “Nós estamos apoiando estas iniciativas das Associações Comerciais nos municípios, como aqui em Canaã, Marabá e Parauapebas, o que  que tem contribuído para fomentar o desenvolvimento da região”, diz Fabio.

A REDES/Fiepa atua como parceira na ação. Com 20 anos de atuação, a unidade reuniu dicas importantes para o empresariado. O coordenador de Planejamento e Controle, Lucas Lourinho, revela abaixo orientações quanto a comunicação, a ser assertivo na composição do preço, gerir os contratos e buscar ser visto.

Confira as dicas:

1 – Comunicação: o tempo de respostas para e-mails e ligações é muito importante. A Redes tem um estudo que 42% das demandas são geradas e fechadas em um dia. Se você demora mais de um dia para responder e-mail, você está perdendo oportunidade de negócio. Ter um único contato para concentrar as ligações e ter um site mesmo básico, que tenha seu telefone e explique o que você faz é essencial.

Veja também:  Em entrevista, esposa diz que não sabia que marido estava armado no réveillon em Canaã dos Carajás

2- Ser assertivo na montagem do preço. Não se preocupar em fazer muito caro ou muito barato, porque isso vai pesar lá na frente.

3- Gestão de contrato – importante ter em mente que dinheiro de pessoa física e da família é diferente do dinheiro de pessoa jurídica. Se atente ao que está previsto no escopo do contrato, no que você precisa efetivamente entregar.

4- Ser visto. Aparecer, participar de eventos. Um site de qualidade, anunciar no Google. Porque a maioria dos compradores não é paraense e eles vão fazer pesquisa no Google e se você não estiver lá, pode estar perdendo oportunidade de negócio.

Deixe uma resposta

+ Sobre