Disputa por herança pode ter motivado atentado contra viúva em Canaã dos Carajás

Foto: Silvia Lopes/ Portal Canaã

No veículo, uma camionete Hilux preta, restaram as marcas do que pode ter sido um atentado. Vidros trincados, lataria perfurada e a sensação de medo e insegurança cercam a vida de uma viúva, que por medida de segurança, não terá o nome revelado.

Por volta das 22h desta sexta-feira, 15, a mulher foi até a casa da mãe localizada na Rua Profeta Isaías no Bairro Vale da Benção, em Canaã dos Carajás, onde jantaria com o restante da família, quando ouviu os disparos. O barulho veio da rua, um membro da família saiu para ver do que se tratava, quando notou que a camionete havia sido atingida por pelo menos seis disparos de arma de fogo. Os tiros atingiram a janela do motorista, o para-brisas dianteiro e a janela do lado direito do banco traseiro.

“Nós estávamos vindo da fazenda e estávamos jantando na casa da minha mãe quando ouvimos os tiros. Meu padrasto até achou que tinham matado alguém lá na rua. Ele foi ver o que era e lá na rua não tinha nada, quando ele olhou pra camionete, viu as marcas dos tiros”, disse a mulher.

Minutos antes do ocorrido, dois homens em uma motocicleta Broz vermelha foram vistos trafegando pela rua em atitude suspeita. Com base em informações de testemunhas, o garupa efetuou os disparos, em sua maioria, em direção ao lado do motorista. “Primeiro eles passaram duas vezes pelo carro, como se estivessem fazendo a identificação, e na terceira vez, nós já ouvimos os disparos e depois fugiram soltando um barulho semelhante a tiro, só que com a descarga da moto”, disse.

Veja também:  Abertas as inscrições para o Natal Solidário em Canaã dos Carajás
Foto: Silvia Lopes/ Portal Canaã

O motivo do atentado, segundo a vítima, seria uma disputa judicial por uma herança deixada pelo seu falecido marido com quem conviveu por 18 anos. Após a morte do companheiro, há quatro anos, a viúva herdou os bens, visto que os dois não tiveram nenhum filho. Os sobrinhos do casal não teriam aceitado a decisão do tio e travaram uma briga para ficar com herança. Segundo relatou a mulher, na época ela propôs dividir os bens, no entanto, os sobrinhos não aceitaram e o caso foi parar na justiça. “Mesmo sabendo que eles não têm direito, eu propus dividir com eles, mas eles querem ficar com tudo e me deixar sem nada. Eu vivi a vida toda com ele e não é justo que eles fiquem com tudo. Eles ficam fazendo ameaças através de outras pessoas, ficam falando que eu não vou viver para receber nada. O processo já está na reta final e está favorável a mim, por isso que estão fazendo isso tudo que é para me intimidar”.

A Polícia Militar foi acionada e o veículo conduzido para a Delegacia de Polícia Civil onde aguarda para ser periciado.

Na manhã de sábado, a viúva esteve na delegacia para acompanhar o andamento das investigações.

Veja também:  Educação de Canaã dos Carajás passará a atender crianças de dois e três anos
Veículo atingido pelos disparos. Foto: Silvia Lopes/ Portal Canaã

COMENTE VIA FACEBOOK