Criança morre afogada em represa na Zona Rural de Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Sílvia Lopes

O estudante João Victor estava desaparecido desde o início da tarde de ontem, 9, quando, segundo Elisvani Morais, vizinho da família, saiu da casa da avó para pegar uma pipa na mesma região em que morava, na chácara Brilho Celeste, Zona Rural de Canaã dos Carajás. “Ele era um menino muito alegre, costumava brincar com meu sobrinho. A gente sabe que ele saiu logo depois do almoço e não voltou mais para casa”, disse.

A noite já se aproximava quando, desesperada, a mãe da criança, identificada como Nilva, começou a pedir a ajuda de amigos e vizinhos para tentar localizar o filho e apenas oito anos de idade.
Após conversar com alguns amigos do estudante, a família e um grupo de pessoas que ajudava nas buscas, chegou até uma represa localizada em uma área particular, onde três amigos disseram ter visto João pela última vez.

Já era por volta das 21h quando Daniel Silva mergulhou na represa de aproximadamente nove metros de profundidade e localizou o corpo de João Victor que estava submerso. “Os amigos dele disseram que eles estavam tomando banho aqui na represa e quando chamaram para ir embora, o João disse que ia ficar um pouco mais. Mas ele acabou se afogando. A gente saiu procurando pelo mato e eu mergulhei e acabei achando ele lá no fundo”, detalhou o vaqueiro.

O corpo do estudante foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá onde passará por perícia.

Deixe uma resposta

+ Sobre