Comunidade de Canaã dos Carajás recebe capacitação sobre reaproveitamento alimentar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Além de sustentabilidade, alunos aprendem como aproveitar proteínas, vegetais e frutas, fazendo com que rendam receitas saborosas e práticas Crédito: Comunicação Pró-Saúde

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, são desperdiçados no mundo cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos. No Brasil, em todos os anos, cerca de 26,3 milhões de toneladas de alimentos vão para o lixo. Desse total, ao menos 45% são do setor de hortifrúti.

Para combater o desperdício, o Hospital 5 de Outubro (HCO), em parceria com a Vale, realizou um curso de reaproveitamento de alimentos voltado para famílias em vulnerabilidade assistidas pelo Instituto Acrescer, localizado no Bairro Novo Brasil.

O curso foi realizado entre os dias 14 e 15/10 por profissionais do Serviço de Nutrição e Dietética do HCO, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, uma das maiores entidades na área de gestão hospitalar do país.

Durante a capacitação, todos os protocolos de prevenção ao novo coronavírus, envolvendo, principalmente, a higienização das mãos e de manipulação de alimentos foram realizados.

Além de proporcionar aos participantes o conhecimento relacionado ao valor nutricional, o curso também estimula o aproveitamento total dos alimentos, em especial frutas e verduras. Já que grande parte das cascas e talos é desperdiçada, a ação ensina como reaproveitar esses alimentos em refeições, proporcionando melhores práticas alimentares.

De acordo com Nathalia Garcia, nutricionista do HCO, o aproveitamento integral alimentar não é apenas uma atitude de consumo consciente. “Além de ser fácil preparar são saborosos. Existem benefícios para a nossa saúde nos talos, sementes e cascas”, explicou citando como exemplo a casca da banana rica em propriedades antibióticas e enzimáticas.

  Canaã dos Carajás recebe ações de negociação da Equatorial Pará

Moradora da comunidade, Maria Zilda fez o curso e comemorou a oportunidade. “Fiquei surpresa ao observar o quanto nós desperdiçamos alimentos na nossa cozinha, no nosso dia a dia. Espero poder participar de mais cursos como esse”.

A presidente do Instituo Acrescer, Silvana França, agradeceu a atenção do Hospital 5 de Outubro com a população de Canaã dos Carajás. “Nossa comunidade é carente de informação nutricional. Tivemos aqui excelentes profissionais. Já estamos esperando pelas próximas ações do hospital”.

Dicas de melhor reaproveitamento alimentar

Uma das dicas para o melhor reaproveitamento alimentar é dar preferências aos hortifrútis da época. Consumir, além das folhas, os talos de couve, beterraba, brócolis e salsa, que são fontes de fibras e outros nutrientes. Podem ser utilizados em patés, refogados, recheios, farofas, sopas e sucos.

A água do cozimento dos vegetais pode ser usada para enriquecer o arroz, feijão, molhos, purês e sopas.

Para a utilização das cascas é preciso estar atendo ao processo de higienização. Além de sucos e chás, as cascas podem ser usadas para o preparo de massas de bolos, tortas e pães.

O Hospital 5 de Outubro foi fundado pela empresa Vale e projetado para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D. A unidade hospitalar é gerenciada desde 2006 pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, e possui estrutura de pequeno porte.

  Enquetes para Prefeito e Vereadores em Canaã dos Carajás pode gerar multas de até R$100 mil

Com capacidade para atender casos de até média complexidade, o HCO possui ambulatório para consultas eletivas, Pronto Atendimento 24 horas, instalações de internação com enfermarias e apartamentos individuais e suporte diagnóstico em diversas especialidades.

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

Deixe uma resposta

Leia mais