Canaã dos Carajás terá prejuízo de R$15 milhões, diz vereador ao analisar contrato – Portal Canaã

Canaã dos Carajás terá prejuízo de R$15 milhões, diz vereador ao analisar contrato

Anderson Mendes na tribuna

Em sessão realizada nesta terça-feira (2), na Câmara de Canaã dos Carajás, o vereador Anderson Mendes (PTB) usou a tribuna para denunciar um processo licitatório, que segundo ele, está com valor acima da média praticada nos municípios vizinhos como  Marabá, Parauapebas e Altamira.

Anderson lembrou, que em 2017 existia um contrato de locação de veículo em Canaã dos Carajás, no valor de R$13.400 mil por caminhão, sem direito a combustível e motorista. E, este ano, apenas pelo fato de fornecimento de combustível e motorista, o valor passou a ser R$55,600.

Segundo o vereador, em Parauapebas, no ano de 2018, um caminhão foi alugado a pouco mais de R$29,700, com a empresas fornecendo motorista e combustível. O vereador comparou com Canaã dos Carajás, onde o mesmo equipamento foi alugado a R$55,600.

O vereador ainda comparou a contratação de caminhões, para a mesma finalidade, com o município de Marabá, que segundo ele a contratação se deu a R$10.900. Marabá seria com motorista, porém sem combustível. Comparou, ainda com Altamira, onde a contratação foi feita por R$11.450.

Canaã dos Carajás (2017): R$13.400 [Sem Combustível/Motorista]

Canaã dos Carajás (2019): R$55,600 [Combustível/Motorista]

Parauapebas: R$29,700 [Combustível/Motorista]

Marabá: R$10.900 [sem combustível]

Altamira: R$11.450 [Combustível/Motorista]

Segundo o vereador, “com esse contrato, o município de Canaã dos Carajás terá um prejuízo de R$15 milhões anualmente.”

Ainda, segundo o vereador, caso o contrato seja cancelado, com a economia, seria possível construir quinze praças no município; 300 casas populares ou comprar 50 caminhões de 300 mil reais.

“Venho aqui nessa tribuna, pedir para a justiça de Canaã dos Carajás, pedir ao ministério público que faça uma análise  desse contrato, que compare os valores dos outros municípios e pedir que cancele esse processo porque não pode o município de Canaã dos Carajás ser penalizado com valor aproximado de R$15 milhões por ano.” enfatiza o vereador Anderson Mendes.

Na sessão o vereador ainda comparou outros dados com o município de Marabá, segundo ele, Marabá contrata 70 equipamentos por R$14,9 milhões enquanto Canaã dos Carajás contrato 54 equipamentos por R$26,3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.