Advogado pede que Ministério Público cobre prestação de contas sobre aplicação dos royalties em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Canaã dos Carajás Foto: Seny Lima / Portal Canaã
Canaã dos Carajás Foto: Seny Lima / Portal Canaã

O Advogado Dr. Vinicius Borba protocolizou no Ministério Público Federal pedido nº 20190017178 para que o Órgão determine que o município de Canaã dos Carajás preste contas da aplicação e saldo da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais – CFEM (Royalties).

No pedido, o Advogado pede que o Município apresente, detalhadamente, relação de como e onde os valores recebidos a título de CFEM foram gastos e qual o saldo atual de tais valores.

RECORDE: Terceira remessa de Royalties já está nos cofres de Canaã dos Carajás

Em 2018, somente de Royalties, Canaã dos Carajás recebeu R$ 177.274.396,34 ( cento e setenta e sete milhões, duzentos e setenta e quatro mil, trezentos e noventa e seis reais e trinta e quatro centavos. Já em 2019 já foram creditados na conta do Município R$ 67.605.609,92 (sessenta e sete milhões, seiscentos e cinco mil, seiscentos e nove reais e noventa e dois centavos).

As Leis Federais 7.990, de 28 de dezembro de 1989, e 8.001, de 13 de março de 1990 determinam que tais valores devem ser investidos pelos municípios mineradores como forma de compensar os danos, impactos e interferências causados pela mineração.

Veja também:  Liminar pede o desbloqueio de ramal ferroviário do S11D - Associação diz que irá acatar

Uma resposta

Deixe uma resposta

+ Sobre

+ Empregos