Do Pará, apenas Paulo Rocha (PT) foi contra a reforma da previdência

Senadores do Pará Divulgação/Portal Canaã

Com 60 votos favoráveis e 19 contrários, o Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (22) o texto-base da reforma da Previdência. “O Parlamento brasileiro aprova a maior reforma da Previdência da história”, disse o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. Continua no Plenário a apreciação de quatro destaques de bancada à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, apresentados por Rede, PT, PDT e Pros sobre temas específicos da reforma, como aposentadoria por insalubridade e aposentadorias especiais.

Veja como os Três Senadores do Pará Votaram:

Zequinha Marinho (PSC-PA) – Sim

Paulo Rocha (PT-PA) – Não

Jader Barbalho (MDB-PA) – Sim

Veja como votou cada senador


A principal medida da reforma da Previdência é a fixação de uma idade mínima (65 anos para homens e 62 anos para mulheres) para a aposentadoria, extinguindo a aposentadoria por tempo de contribuição.

O texto também estabelece o valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários (em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições), eleva alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelece regras de transição para os trabalhadores em atividade.

Fonte/Texto: Agência Senado

COMENTE VIA FACEBOOK

Deixe uma resposta