Caixa paga hoje auxílio emergencial para novos aprovados; veja quem recebe 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Foto: Reprodução

A Caixa vai creditar a primeira parcela do Auxílio Emergencial para mais 8,3 milhões de beneficiários entre os dias 19 e 29 de maio. Serão disponibilizados mais R$ 5,3 bilhões nas contas indicadas no momento da inscrição.

Para quem desejar realizar o saque nas agências, o calendário também será pelo mês de nascimento. Na terça-feira (19), o pagamento atenderá os nascidos em janeiro; na quarta-feira (20), para quem nasceu em fevereiro; na quinta-feira (21), para os aniversariantes de março; na sexta-feira (22), para os de abril; no sábado (23), para quem nasceu nos meses de maio, junho e julho.

O pagamento da primeira parcela volta a ser efetuado na segunda-feira (25) para quem nasceu em agosto. Na terça-feira (26), para os nascidos em setembro, e assim por diante até a sexta-feira (29).

Conta Social

Aqueles beneficiados com o Auxílio Emergencial, que não estão no Programa Bolsa Família, terão a Conta Social Digital aberta gratuitamente pelo banco. Para a primeira parcela do Auxílio Emergencial, o aplicativo Caixa Tem registrou mais de 20 milhões de contas abertas no nome de quem não tinha acesso ao sistema bancário ou não informou um local para receber o recurso.

O pagamento da segunda parcela será feito nessas contas. “Fora do Bolsa Família, todas as pessoas terão uma conta digital aberta. Isso é um passo eficiente para as políticas públicas. Estamos deixando um legado que vai além destes meses. Isso é motivo de orgulho”, comemorou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Para evitar aglomerações nas agências dos bancos e nas lotéricas, os recursos nas Contas Sociais Digitais estarão disponíveis, em um primeiro momento, apenas para o pagamento de contas, de boletos e para compras por meio de cartão de débito virtual.

O balanço da Dataprev até 30 de abril mostra que foram processados os cadastros de 112.559.202 de CPFs, o que representa 95,2% do total. Foram considerados elegíveis 59.291.753 cidadãos, enquanto 36.858.102 foram classificados como inelegíveis e 16.409.347 cadastros estão inconclusivos. Outros 1.535.126 (1,3%) de solicitações estão em processamento e 4.197.126 (3,5%) aguardando.

 

Com informações do Ministério da Cidadania

Deixe uma resposta

+ Sobre