Sistema de Segurança do Pará investirá 100 milhões na modernização de ferramentas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O Pará está entre os 10 estados que mais reduziram os índices de criminalidade e o terceiro que mais contribuiu para a diminuição da violência em âmbito nacional. As informações são do Ministério da Justiça e Segurança Pública e do Monitor da Violência (G1), respectivamente, e foram divulgadas neste mês de setembro. Para dar continuidade à diminuição destes números e promover ainda a paz social em todo o Estado, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) anuncia o investimento de R$ 100 milhões na modernização de equipamentos dos órgãos que compõem o Sistema Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SIEDS).

Os resultados já obtidos em pouco mais de oito meses de gestão são consequências de investimentos, fortalecimento de inteligência e integração entre os órgãos do SIEDS. Entre as ações estão a aquisição de veículos, rádio de comunicação portátil, coletes balísticos, reforma e aparelhamento de prédios policiais, compra de microcomparador balístico, sistema automatizado de identificação biométrica, e modernização de hadware e software de sistemas de inteligência em módulos.

Os recursos, que deverão ser aplicados durante o segundo semestre de 2019, serão provenientes do tesouro do Estado, emendas parlamentares e parcerias com instituições privadas, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Fundo Nacional de Segurança Pública.

  De Canaã, Alexsandro da Bonança já tem candidatura registrada para concorrer à Alepa

De acordo com o secretário da Segup, Ualame Machado, a aplicação dos recursos garantirá o fortalecimento do policiamento, das investigações e uma resposta ainda mais célere aos casos já concretizados, identificando e punindo os responsáveis, evitando, assim, que mais crimes ocorram. “Teremos uma melhora nas ações das Polícias Civil e Militar, com um aperfeiçoamento do trabalho e da busca de dados alimentados nas plataformas e links de redes sociais, para podermos cruzar informações. Teremos ainda a aquisição de novos equipamentos tecnológicos para o Centro de Perícias Científicas”, citou.

Equipamentos de segurança – Entre os investimentos destacam-se a modernização e a ampliação dos equipamentos de segurança em módulos já implantados em diversos Estados do país. No Pará, o sistema que reúne tecnologia e inovação a favor da segurança pública será adquirido pela Segup e utilizado pelos órgãos do SIEDS, resguardando as especificidades e atribuições constitucionais de cada instituição.

Tal ferramenta será adquirida em três módulos, sendo dois deles destinados exclusivamente para fins de investigação criminal, mediante autorização judicial, e ficarão alocados na PC (Núcleo de Inteligência Policial) e PM (Corregedoria). O terceiro módulo, destinado à Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (SIAC), servirá para auxiliar o trabalho em fontes abertas e redes sociais, na produção de informações estratégicas para todos os órgãos integrantes do sistema de segurança pública.

  Pesquisas divergem sobre quem lidera a disputa pelo senado no Pará

Novo Ciop – Também está prevista a reestruturação do Centro integrado de Operações (Ciop) com a criação do Ciop Metropolitano, que abarcará todas as forças de segurança municipais, estaduais e federais da Região Metropolitana de Belém. A atuação será de forma integrada, com a novidade de ter a utilização de inteligência artificial nas câmeras de monitoramento.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas