Escândalo da Petrobras é eleito o 2º maior caso de corrupção no mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O escândalo da Petrobras foi eleito o segundo maior caso de corrupção no mundo em votação popular da ONG Transparência Internacional. Com 11.900 votos, a petroleira só ficou atrás do ex-presidente ucraniano Viktor Yanukovych, que recebeu 13.210 votos pelo suposto desvio milionário de recursos para sua conta privada.

A ONG, com sede na Alemanha, faz relatórios anuais com índices de percepção de corrupção. No último, o Brasil apareceu na 76ª posição entre 168 países. A lista faz parte da campanha “Desmascare os Corruptos”, da Transparência Internacional.

A campanha começou em outubro e teve a participação de mais de 4,5 milhões de pessoas que indicaram casos de corrupção ao redor do mundo. O escândalo na estatal brasileira supera outros sete casos de grande repercussão. Entre eles, o da Fifa (1.844 votos), com 81 casos de lavagem de dinheiro comprovados, e o do ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli (10.166), que teria desviado US$ 100 milhões do dinheiro público.

Alejandro Salas, representante da Transparência Internacional, disse que uma nova fase da campanha começou ontem e vai cobrar sanções sociais e políticas contra os envolvidos nos casos mais votados.

A ONG já está pedindo informações em oito países da América Latina, nos quais as empreiteiras investigadas na Lava-Jato também têm contratos. Salas afirmou que o propósito é evitar que escândalos como o da Petrobras se repitam.

A Transparência Internacional assinou uma carta de apoio às 10 medidas de combate à corrupção, apresentadas pelos procuradores do Ministério Público Federal no Brasil. A proposta precisa de menos de 200 mil assinaturas para alcançar a meta de 1,5 milhão e ser avaliada no Congresso.

Agência O Globo com Informações do O Valor



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas