Quadrilha é presa suspeita de lavagem de dinheiro pela internet em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Quatro pessoas foram presas nesta quarta-feira (24), suspeitas de cometer crimes de lavagem de dinheiro pela internet  em Parauapebas. Segundo a polícia, a quadrilha invadia contas bancárias e usava o dinheiro para pagar despesas pessoais.

Após cinco meses de investigação, a polícia desvendou que os crimes eram realizados dos computadores de uma empresa de construção civil popular no município. Dados eram roubados, contas bancárias invadidas e boletos da própria empresa eram pagos com o dinheiro retirado de forma ilegal.

“A pessoa teria lucro utilizando o dinheiro de outros. Era assim que o modo operante do crime”, explica a delegada Vanessa Lee.

O empresário Fábio Costa Silva, proprietário da Construferro foi preso em flagrante. Computadores e documentos foram apreendidos, todo o material será periciado.

Além de formação de quadrilha, o empresário e outras três pessoas presas na operação deverão responder pelo crime de lavagem de dinheiro. O advogado do empresário afirma que o cliente nega as acusações e questiona a legalidade da prisão.

A polícia ainda alerta a população para os cuidados ao receber e-mails ou mensagens até por meio das redes sociais.

“Os criminosos utilizam de atrativos para que a pessoa clique e instale aquele arquivo malicioso no seu terminal, no seu computador, no seu celular e assim a partir disso copiar os seus dados”, ressalta a delegada.

  Em Canaã, criminosos arrombam casa e roubam fardo de arroz

 

Redação do Portal Canaã com informações do G1



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas