Vídeo viral do MST expulsando morador de sua terra é de Parauapebas

Um vídeo que mostra um fazendeiro sendo expulso da propriedade em que vivia por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) repercutiu nesta semana nas redes sociais, inclusivo no Portal Canaã.

Após apuração constatamos que o caso aconteceu em Parauapebas/PA, no dia 20 de novembro deste ano. De acordo com o MST, mais de 2 mil pessoas ocuparam o complexo de fazendas da família Miranda, considerada grande proprietária de latifúndios no sudeste do paraense. Por outro lado, a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa) afirma que o Estado possui inúmeros lotes destinados à reforma agrária que estão sem ocupação ou abandonados.

Na ocasião, o homem foi informado por agentes de assistência social do movimento que deveria deixar o local em algumas horas. “A gente queria pedir para vocês se retirarem. Vamos dar todo o apoio que vocês precisarem, com veículo, de tudo, estamos à disposição”, declarou um membro do grupo.

Outra integrante da comitiva aparece na gravação explicando para o caseiro que a terra está sendo negociada e afirma que o MST não irá mexer no gado que está no local, apenas solicita que os moradores se retirem.

O trabalhador questiona a comitiva sobre o destino dos animais que são criados na fazenda. “Aqui [na fazenda] são dois que mexem com o gado, se não podemos ficar, quem tiraria o gado?”, questionou o fazendeiro.

“Vai ter que deixar do jeito que está, a terra foi ocupada. A única coisa que estamos pedindo é que você se retire do espaço, porque já está ocupado. A questão da terra não compete mais a você e nem ao proprietário da terra, não compete a ninguém. Estamos apenas comunicando que, até as 20h, você se retire”, reforça a assistente.

Com informações do O Liberal

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *