Escola de Teatro e Dança da UFPA celebra Auto do Círio Maria e as riquezas da Amazônia nesta sexta-feira, 11

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

A Escola de Teatro e Dança (ETDUFPA), por meio da Diretoria de Arte, Cultura, Esporte e Lazer(DACEL), apresentará, no dia 11 de outubro, às 19h, o “Vigésimo Quinto Auto do Círio — Ano 2019″, com o tema Maria, Mãe de Todas as Matas. O Auto do Círio 2019 recebeu a assinatura dos professores Tarik Coelho, na Coordenação Geral, Cláudio Didimano, na Direção Cênica, e Miguel Santa Brígida, na Curadoria.

Com o tema Maria, Mãe de Todas as Matas“, o “Vigésimo Quinto Auto do Círio – Ano 2019″ vem celebrando as riquezas da Amazônia e fazendo um ato político contra todo o processo de perdas que a floresta vem sofrendo nos últimos tempos, principalmente com as queimadas e os processos de invasão contemporânea.

Nesta edição, o Auto do Círio chega à sua marca de 25 espetáculos cortejo em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, prática realizada por vários artistas de Belém do Pará, que se caracteriza como uma das iniciativas extensionistas de maior visibilidade para a Universidade Federal do Pará. Articulando ensino, pesquisa e extensão, a realização agrega cerca de 400 artistas em cada uma de suas edições, entre os quais, aproximadamente 30 são docentes da UFPA, vinculados a diferentes unidades, reafirmando seu potencial artístico, cultural, pedagógico e turístico para a cidade de Belém.

O cortejo 2019 terá início às 19h, do dia 11 de outubro, na rua Dom Bosco/ Praça do Carmo, no bairro Cidade Velha, seguindo pelas ruas Dr. Assis, rua Padre Champagnat /Largo da Sé, rua Tomázia Perdigão até a praça D. Pedro II, em frente aos Palácios Lauro Sodré e Antônio Lemos, onde acontece a apoteose e o encerramento.

Sobre o Auto do Círio – O Auto do Círio é um programa de extensão universitária criado em 1993 pela professora Zélia Amador de Deus, com Margareth Refkalefsky, com o objetivo de revitalizar o Centro Histórico de Belém, por ocasião das festividades do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, possibilitando aos artistas o exercício da prática do ensino das artes por meio do Teatro de Rua.

O cortejo compõe etapa importante dos festejos do Círio de Nazaré, que é a maior festa popular do Estado do Pará. Além de já ser consagrado como patrimônio imaterial de nossa cultura, como espetáculo, movimenta de forma significativa a cidade de Belém, sendo, há alguns anos, compreendido como homenagem dos artistas para a  Virgem de Nazaré. Possui destacada relevância no âmbito da extensão universitária, conferindo ampla visibilidade à UFPA.

Ancorado na espetacularidade como conceito-chave e na tríade drama-fé-carnaval como princípios norteadores da criação cênica, constitui importante acontecimento da cultura local, distinguindo-se como fenômeno brasileiro transdisciplinar, transcultural e transreligioso. Dessa forma, o Programa de Extensão Auto do Círio procura estabelecer uma relação entre a comunidade e o patrimônio, que, ano após ano, vem consolidando a identidade da UFPA nas ações do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

Este programa visa também estruturar ações com a comunidade que, ao longo de todo o ano, venha possibilitar o desenvolvimento sociocultural, além de proporcionar um aprimoramento técnico dos envolvidos. Essas ações estabelecem vínculos entre os envolvidos com o processo e, ainda, visam apresentar o cortejo que homenageia Nossa Senhora de Nazaré, aproximando, assim, a comunidade da Universidade Federal do Pará.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas