PF volta à Parauapebas e apreende pessoas ligadas a Secretaria de Educação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Polícia Federal volta à Parauapebas para operação e apreensão de pessoas ligadas em fraudes na Secretaria de Educação. A Prefeitura Municipal foi interditada nesta manhã (18/08).

Dentre os presos e conduzidos à Marabá está o ex-secretário da pasta, o então Shirlean Rodrigues e a atual secretária de educação, Juliana Santos e membro da Comissão de Licitação da Prefeitura.

A secretaria Juliana Santos é denunciada por compras ilícitas de livros para a rede pública municipal de educação, além de beneficiar empresas ligadas ao vereador Major da Mactra (PSDB), de Parauapebas.

Major da Mactra é vereador negociador (dono) da pasta de Educação, em outro momento ficou famoso nacionalmente pelo jargão ” Estou cagando e andando” dito em plenária.

Os Policiais Federais estão munidos de 20 mandados. São sete para prisão preventiva,nove de busca e apreensão e quatro de condução coercitiva.

 

Em Canaã

A operação da PF também chegou em Canaã dos Carajás, a empresa PAVINORTE estraria envolvida em prestações de serviços de transporte ao município superfaturados. A empresa passou por busca e apreensão em sua sede, informações indicam que o proprietário da empresa o empresário, Valdemar Da Pavinorte, tenha sido preso/detido.

Redação Portal Canaã

 



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas