Parauapebas: Ministério da Saúde habilita a Policlínica para diagnóstico de câncer de mama

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Imagem do município de Parauapebas (PA) Foto: Seny Lima / Portal Canaã

A Prefeitura de Parauapebas vem realizando vários avanços na saúde pública do município. Desta vez, Parauapebas foi reconhecido como serviço de referência para o diagnóstico do câncer de mama. A publicação da habilitação foi feita no Diário Oficial da União, através da portaria GM/ Nº 3.749, de 21 de dezembro de 2021, “habilita estabelecimento de saúde como Serviço de Referência para Diagnóstico de Câncer de Mama (SDM) e estabelece recurso do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção Especializada, a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade – MAC do Estado do Pará e Município de Parauapebas”.

De acordo com o Diretor da MAC, Ronaldo Ribeiro, o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo. No Brasil, este é o câncer que mais mata mulheres. A região Norte do país é a que menos diagnostica casos de câncer de mama em virtude da baixa oferta de serviços de rastreio. Essas informações são imprescindíveis para contextualizar a importância da oferta do serviço de rastreio à lesões de mama às usuárias de Parauapebas na Policlínica Municipal e que agora foi habilitado pelo Ministério da Saúde.

  Nasce um moderno projeto de mineração entre Parauapebas e Curionópolis

Segundo o Secretário de Saúde, Gilberto Laranjeiras, o serviço já é ofertado pelo Município. “A pedido do nosso prefeito Darci Lermen estamos trazendo o que há de melhor e mais moderno no atendimento à saúde pública aos munícipes de Parauapebas. Hoje o município já oferta com recurso próprio serviços como mamografia, ultrassonografia de mama, punção de mama e biópsia, além de consulta médica com mastologista, mas agora com está habilitação, fica estabelecido via Ministério da Saúde, recurso do Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde – Grupo de Atenção Especializada, no montante anual de R$ 8.273,28 (oito mil, duzentos e setenta e três reais e vinte e oito centavos), a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade – MAC do Estado do Pará e Município de Parauapebas”.

“Sabemos que este tipo de tratamento tem mais eficácia quando diagnosticado e tratado logo no início, para isso zelamos em ter a estrutura mínima – de equipamentos e profissionais – para realizar o diagnóstico precoce”, ressalta o Prefeito Darci Lermen.

Texto: Luciana Queiroz/PMP



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas