Parauapebas irá investir R$3,6 milhões na readequação do Lixão

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O Município de Parauapebas ainda não está totalmente sustentável no tocante a disposição de resíduos sólidos, pois ainda opera com um aterro controlado, um método não aceito pela Política Nacional de Resíduos sólidos  como uma forma adequada do tratamento final do resíduos urbano, sendo correto o uso de aterro sanitário.

De acordo a lei, Municípios com população superior a 100 mil habitantes terão até 31 de julho de 2019 para acabar com os lixões, que é um realidade de Parauapebas.

Em consulta ao Portal da Transparência, o Portal Canaã encontrou uma evidência clara de transferência de verba para esta finalidade. Não se sabe o andamento das operações,  mas R$3.606.803,68 serão pagos para este fim.

Readequação do Lixão em Parauapebas

Assim diz o histórico do empenho 01100258 :

“Serviço de execução da obra de readequação e operação do aterro municípal. Referente aos meses de outubro, novembro e dezembro. Contrato nº 20140522.”

Credor: QUEBEC CONSTRUÇÕES E TECNOLOGIA AMBIENTAL S/A

Data: 1 de outubro de 2015

 

 

Portal Canaã com informações do Portal da Transparência.

  Onça-pintada: Parque Zoobotânico Vale tem novo residente



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas