Ministério Público pede cassação do prefeito Darci Lermen em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), publicado neste domingo (6), pediu a cassação do mandado de Darci José Lermen (MDB) e João José Trindade (PDT), o “João do Verdurão”, prefeito e vice da cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará.

A dupla foi acusada de abuso de poder econômico pela coligação do então candidato Júlio César (PRTB), nas eleições de 2020. A chapa é suspeita de ter utilizado o “laranja” Marcelo Nascimento Beliche para doar R$ 500 mil para campanha, depois do período eleitoral, mesmo tendo declarado um pouco mais de R$ 40 mil no Imposto de Renda em 2019. Beliche vive sob proteção policial fora de Parauapebas.

No decorrer das investigações, o “laranja” mudou de lado e entregou toda a tramóia utilizada por Darci Lermen para vencer as eleições. O caso já foi manchete nacional no Programa Fala Brasil, da Rede Record, no dia 25 de junho de 2021. Nos últimos dias, o prefeito vem sofrendo um desgaste enorme junto à população da cidade devido a várias “vaciladas” de sua administração.

A viagem para Dubai, capital dos Emirados Árabes, com o objetivo de visitar a “Urban Planning – Expo Dubai” e conhecer novas tecnologias “pegou muito mal” diante da população, porque a cidade está jogada às traças, cheia de buracos e matagal. Nos últimos dias, a dupla Darci Lermen e Keniston Braga (PP), “homem forte do governo”, vem lidando com o retorno do vereador “Aurélio Goiano” (PSD), desafeto declarado, pela Justiça Eleitoral à Câmara Municipal de Parauapebas (CMP).

  Zequinha visita Canaã para evento político

Na sexta-feira 25 de fevereiro de 2022, o juiz Celso Quim Filho, não aceitou os argumentos dos advogados de defesa, indagou duas testemunhas nos autos do processo e afirmou que daria seu parecer final a respeito do caso em cinco dia úteis. O prazo estipulado pelo magistrado termina no dia 9 de março de 2022 (quarta-feira). Neste domingo (6), o parecer do Ministério Público complicou ainda mais a vida de Darci Lermen.

“Em que pese os argumentos das Defesas de que houve prática de infiltração de pessoas para sabotar a campanha, não resta provas robustas de que houveram essas conversas, tão pouco da licitude do dinheiro doado. 

Vale ressaltar que não se trata de valor irrisório que não compromete a higidez da liberdade de  voto, mas um valor de mais de 25% do total gasto pelos Representados cuja a origem não restou cuja licitude da origem não restou comprovada, não sendo razoável a justificativa de que a doação poderia ser feita após o período de campanha, trata-se de se saber a origem dos recursos utilizados nas campanhas, de que elas não venham de fontes vedadas, de fontes ilícitas, como milícias e organizações criminosas, para que não se use as campanhas para lavar dinheiro do tráfico e de outras práticas criminosas, para assim se proteger a liberdade do voto. Ante o exposto, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se pela procedência da presente representação”, narrou a promotora Crystina Michiko Taketa Morikawa.

  Osmany inaugura Casa Spa: moderno centro de beleza em Parauapebas nesta sexta, 1º

Portal Debate vem acompanhando as investigações sobre o caso, desde o ano de 2020, e sempre afirmou que existem provas suficientes, nos autos, para cassar o mandado de Darci Lermen e “João do Verdurão” porque as provas são bastante robustas. Na Câmara Municipal, a maioria dos vereadores, pertencentes ao “baixo clero”, torce pela queda da dupla forte da política de Parauapebas devido a arrogância e prepotência no trato com os parlamentares.

Resta saber se o juiz Celso Quim Filho vai “engolir sugestas” e inocentar Darci Lermen. No entanto, nos bastidores da política, os mais experientes já dão como certa a cassação do prefeito. Resta saber se ele vai ter força política suficiente para reverter o caso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Belém. Como em política, o “boi costuma voar”, vamos aguardar a “canetada” do magistrado. (Portal Debate)



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas