Advogada acusada da morte do advogado Dácio Cunha (2013) é Presa, em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, do Ministério Público do Pará prendeu três pessoas em Parauapebas e uma em Redenção. Eles estão envolvidos na morte do advogado Dácio Cunha, assassinado por dois motoqueiros no dia 05 de novembro de 2013 quando estava na porta de sua residência, em Parauapebas.

Logo pela manhã foi presa a advogada Betânia Maria Amorim Viveiros (foto). Ela é acusada de ser a mandante do crime, já que o advogado assassinado trabalhou no escritório da mesma por uma longo período, e, segundo informações obtidas pela Polícia Civil que investigou o caso, Betânia devia dinheiro a Dácio Cunha.

Dacio_thumbQuando de sua prisão, a advogada Betânia estava acompanhada por um representante da Ordem dos Advogados do Brasil.

A denúncia que culminou com as prisões dos envolvidos na morte do advogado Dácio Cunha foi assinada por todos os promotores de justiça lotados na comarca de Parauapebas e pelo representante do GAECO.

Redação do Portal Canaã com Informações do Blog do ZeDudu

  Onça-pintada: Parque Zoobotânico Vale tem novo residente



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Uma resposta em “Advogada acusada da morte do advogado Dácio Cunha (2013) é Presa, em Parauapebas”

Infeliz esse comentário desse colega ai em cima, deve ser algum advogado do diabo também !!!
TENHO ALGO A RELATAR: ” Eu tinha uma ação onde eu contratei o serviço dessa adv Betânia Maria Amorim Viveiros, onde o adv da outra parte era o ADV XXXX e a juíza era a Sraº Adelina Luiza Moreira Silva e Silva. No dia da audiência, onde a ADV Betânia chegou atrasada ela intermediou uma combinação de resultado da audiência com a juíza Adelina e Simão. No decorrer da audiência, ficou combinado x valores na ação. No final da audiência antes de assinarmos as documentações, se reuniram em uma sala a Juíza Adelina Luiza, Betânia (minha advogada) e XXXXX XXXX, onde eles ficaram reunidos em torno de 10 minutos e quando voltaram para a sala EM que eu estava e a outra parte, ela me induziu a assinar a documentação diferente a que tínhamos combinado no decorrer da audiência. Em fim; eu errei em assinar sem apreciar a documentação e em confiar em uma assassina que eu pensava que estava me defendendo. Me atendei somente dias depois, quando eu procurei a adv Betânia no escritório dela localizado na rua C do bairro Cidade Nova/PA/Parauapebas para mostrar a minha indignação. Ela simplesmente me respondeu que era para eu procurar os meus direitos.
GAECO: MOSTREM TRABALHO E FAÇAM A LIMPA NESSA CIDADE, QUE TEM MUITA GENTE SUJA E COM RABO PRESO !!!!
TEM MUITA SUGEIRA AINDA !!!

Deixe uma resposta

Ofertas