No Pará quase 1,4 milhões de mulheres estão no mercado de trabalho, diz Dieese

Mulheres paraenses continuam com rendimentos baixos. Maior parte das ocupações femininas está nos setores comércio e serviços.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Na véspera da data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, o Dieese/PA divulgou uma pesquisa que mostra que o número de mulheres inseridas no mercado de trabalho alcança quase 1,4 milhões no Pará. No entanto, não há muito o que comemorar, pois o rendimento das paraenses e demais mulheres da Região Norte continua baixo.

O estudo, que tem como base informações oficiais do próprio Dieese e do IBGE (PNAD/2014), revela que a maioria das ocupações femininas no estado está nos setores de comércio e serviços. E mesmo com avanços como o acesso a capacitação, os salários ainda são desiguais.

Dados
No Pará, a população total em 2014 somava 8.093.074 pessoas, destas 50,33% (4.073.544) eram homens e 49,67% (4.019.530) mulheres. Em relação à População Economicamente Ativa (PEA), a pesquisa mostra a seguinte situação: a População Economicamente Ativa em 2014 era de 3.885.252 pessoas, destas 60,22% (2.339.546) eram homens e 39,78% (1.545.706) eram mulheres. Em outras palavras, da PEA total do Estado do Pará em 2014 (cerca de 3,9 milhões de pessoas) somente a força feminina correspondeu quase 40%.

Ocupação
Segundo o Dieese, no Pará a distribuição das ocupações por tipo de atividade a situação é a seguinte: em 2014, do total de mulheres ocupadas que alcançou 1.384.170, cerca 21,87 % estavam ocupadas em atividades de comércio e reparação; cerca de 16,53 % estavam ocupadas em atividades agrícolas; em atividade ligadas a educação, saúde e serviços sociais estavam ocupadas 15,23%; em serviços domésticos eram 13,44%; na indústria estavam ocupadas 8,67%; atividades ligadas a alojamento e alimentação eram 7,09%; já outros serviços coletivos sociais e pessoais somam 6,19%; na administração pública estavam ocupadas 5,37; outras atividades 4,06; em comunicação estavam ocupadas 0,88 % e no setor da construção 0,65%.

  Sine de Canaã tem 14 vagas para ajudante de obras e mais

O Dieese também analisou a situação das mulheres ocupadas quanto à posição na ocupação no trabalho principal. Em 2014, de um total de 1.384.170 mulheres ocupadas, 42,28% eram empregadas; trabalhando por tinham 23,34%; 13,44 % estavam no emprego doméstico; no trabalho para o próprio consumo estavam ocupadas 10,28%; trabalhando sem nenhum tipo de remuneração eram 9,12 % e como empregadoras estavam ocupadas 1,54%.

Renda
Com relação a renda das mulheres, os dados analisados mostram que a remuneração da mulher em toda a Região Norte é critica. Em 2014, do total de mulheres ocupadas em todo o Pará (1.384.170 mulheres) 15,12% ganham até meio salário mínimo de remuneração máxima mensal; 29,47% ganhavam de meio a um salário mínimo mensal, isto quer dizer que com ganhos até um salário mínimo mensal tinham em todo o estado quase 45% (cerca de 617 mil mulheres) ocupadas.

Com informações do G1



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas

+ Empregos