Primeira reunião para discutir implantação de Siderúrgica em Marabá

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Foi realizada na ultima segunda-feira, dia 7, a primeira reunião do grupo de trabalho para discutir a implantação do complexo siderúrgico de Marabá. Na ocasião, representantes da companhia argelina Cevital apresentou formalmente projeto de uma siderúrgica no valor de U$ 900 milhões, em parceria com a Vale.

A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, iniciou às 8 horas e só encerrou ao meio dia. O grupo de estudo tem dez membros, envolvendo representantes do governo do Estado, Vale, Assembleia Legislativa, Federação das Indústrias do Pará, Associação Comercial e Prefeitura de Marabá.

Pelo governo do Estado participaram da reunião os secretários de Estado Adnan Demachki (Desenvolvimento Econômico) e Alex Fiúza de Mello (Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia); pela Cevital Achur Iskounen, gerente de Projetos Financeiros; A Vale enviou Galib Chaim, diretor executivo de Projetos de Capital; pela Assembleia Legislativa foi seu presidente Márcio Miranda; O Simineral esteve representado por seu presidente José Fernando Gomes Júnior; O município de Marabá pelo prefeito João Salame Neto; e a Associação Comercial e Industrial de Marabá pelo presidente Ítalo Ipojucan.

Em parceria com a argelina Cevital, mineradora tem “novo” projeto siderúrgico para Marabá, mas com menos da metade dos empregos, o investimento geraria dois mil empregos diretos, além de 10 mil indiretos, quando em operação. Acontece que a Alpa geraria 5.300 empregos diretos durante a fase de operação e outros 16 mil indiretos. Em outras palavras, a nova siderúrgica seria uma “Alpinha”, se comparado com o empreendimento anunciado em 2008 pela Vale e que deveria iniciar a produção em 2014. Mas o que existe de concreto é um terreno onde foi realizada terraplanagem e que está virando um fantasma de si mesmo.

  Sine de Canaã divulga 45 vagas para operador de máquinas nesta quinta (23)

A intenção é implantar o novo empreendimento na planta que foi preparada para a Alpa (Aços Laminados do Pará) e Achur sugeriu que a Vale participe do negócio com aporte financeiro entre 20% a 25% do investimento dos 900 milhões de dólares previstos para  produzir  nova planta placas de aço planos laminados e esta, por sua vez, atrairia empresas de menor porte para orbitar em torno dela, consumindo parte de sua produção, com fábricas de colher, faca e fogão, por exemplo.

O representante da Cevital disse que para tornar o projeto viável será necessário o governo do Estado conceder incentivos fiscais e ainda que a Vale faça um preço diferenciado no minério e ainda abra espaço para escoação da produção pela Estrada de Ferro Carajás como plano B, caso o derrocamento do Pedral do Lourenço não seja viabilizado no prazo hábil.

A Cevital se comprometeu com dez condicionantes e ficou definido, ao final das discussões, que uma nova reunião – agora de natureza técnica – será realizada no dia 21 deste mês na sede da Vale, no Rio de Janeiro, para detalhar o projeto. Marabá será representada por um engenheiro da Sinobras, que tem amplo conhecimento em instalação de siderúrgica.

  Sine de Canaã tem 14 vagas para ajudante de obras e mais

A decisão sobre a instalação da nova siderúrgica, segundo informou o prefeito João Salame, é para ser tomada até final de janeiro. “Até agora, não se falou em prazo para iniciar nem para conclusão do projeto. Estamos discutindo ainda a viabilidade. Os argelinos estão levando a sério este projeto e acho que será uma boa alternativa para Marabá e região”.

No dia 11 de janeiro de 2016, uma terceira reunião está agendada para ocorrer na Câmara Municipal de Marabá com ampla participação popular, em que o projeto deverá ser apresentado integralmente à comunidade. “Estou esperançoso porque o grupo argelino está determinando. Eles possuem a segunda maior siderúrgica da Itália”, disse Salame.

 

Portal Canaã com informações de Ulisses Pompeu



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas

+ Empregos