Após prorrogação municípios terão novos prazos para erradicar lixões

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Grande parte dos município do Sul e Sudeste do Pará, em especial Parauapebas e Canaã dos Carajás, ainda sofrem por não terem um destino final e sustentável para o lixo. Mesmo com a aprovação de uma lei em 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólido, muitos municípios não foram capazes de desenvolver um plano de gestão e por em prática o que foi definido, que era a erradicação dos lixões nos 4 anos subsequentes. Em 2014 no fim do prazo, poucos municípios conseguiram seguir a risca o que estabelecia a lei, totalizando em média 40% dos municípios, no qual, os município paraense estão quase que integral incluídos na porcentagem.

Após o fim dos prazo, em Agosto de  2014, muito se tentou à prorrogação porém apenas agora (1 de Julho de 2015) conseguiram a prorrogação de forma escalonada, vejamos: Capitais e municípios integrantes de regiões metropolitanas (RM) ou de regiões integradas de desenvolvimento (RIDE) têm até 31 de julho de 2018 para acabar com as atividades do lixão; municípios com população superior a 100 mil habitantes até 31 de julho de 2019; municípios com população entre 50 mil e 100 mil habitantes até 31 de julho de 2020; e municípios com população inferior a 50 mil habitantes até 31 de julho de 2021.

 

Redação do Portal Canaã 

 

 

 



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas