Pará tem a pior Educação do Brasil de acordo IOEB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Um novo índice de avaliação da educação brasileira confirma o que vem sendo divulgado ao longo dos últimos anos. O Pará tem a pior educação do Brasil. O Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) foi elaborado a partir de diversos índices educacionais, de 2009 a 2014, e engloba a educação básica – do infantil ao Ensino Médio. A pesquisa do IOEB mostra que o Pará, com nota 3,5, é o Estado com a pior qualidade de educação do País, em último lugar no ranking.

O Estado de São Paulo lidera o ranking do Ioeb (Índice de Oportunidades da Educação Brasileira) por Unidade Federativa com nota de 5,1 numa escala que vai de zero a dez.  Belém é a Capital Brasileira com a menor nota, nota 3,5.

O Ioeb foi lançado na manhã desta quarta (7) em São Paulo pelo CLP (Centro de Liderança Pública).

Confira a nota de cada UF (Unidade Federativa): 

  • 1º lugar – São Paulo – 5,1
  • 2º lugar – Minas Gerais – 5,0
  • 3º lugar – Santa Catarina – 5,0
  • 4º lugar –  Paraná – 4,9
  • 5º lugar –  Ceará – 4,6
  • 6º lugar –  Distrito Federal – 4,6
  • 7º lugar – Espírito Santo – 4,6
  • 8º lugar – Goiás – 4,6
  • 9º lugar – Rio Grande do Sul – 4,5
  • 10º lugar – Mato Grosso – 4,5
  • 11º lugar –  Rondônia – 4,4
  • 12 º lugar – Mato Grosso do Sul – 4,3
  • 13º lugar – Tocantins – 4,3
  • 14º lugar – Acre – 4,2
  • 15º lugar – Rio de Janeiro – 4,1
  • 16º lugar – Paraíba – 4,1
  • 17º lugar – Pernambuco – 4,0
  • 18º lugar – Amazonas – 4,0
  • 19º lugar – Roraima – 3,9
  • 20º lugar – Piauí – 3,9
  • 21º lugar – Rio Grande do Norte – 3,9
  • 22º lugar – Sergipe – 3,8
  • 23º lugar – Alagoas – 3,7
  • 24º lugar – Amapá – 3,7
  • 25º lugar – Bahia – 3,6
  • 26º lugar – Maranhão – 3,6
  • 27º lugarPará – 3,5

CANAÃ, PARÁ E BRASIL

indicadores

BELÉM, PARÁ E BRASIL

Educação no Pará

 

 

O IOEB é uma ferramenta que busca apoiar a atuação de líderes em prol da educação brasileira.

Propostas prioritárias do IOEB:

  • Promover a colaboração entre municípios, estados e União
    É essencial a adoção de regimes de colaboração entre os poderes para o melhor atendimento das demandas educacionais.
  • Formar Líderes Públicos na Educação
    É necessário preparar líderes públicos para conduzir mudanças de comportamento e cultura, lidar com os desafios de articulação das redes educacionais e fazê-las trabalharem em conjunto.
  • Aperfeiçoar o controle social da educação básica
    O IOEB permite estimular e incentivar o trabalho em conjunto dos gestores da educação, uma vez que avalia todo o ecossistema da educação básica brasileira.

Redação do Portal Canaã com informações do IOEB



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas