Segundo a PF, Pará lidera desvio de recursos da Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Reprodução/PF

A Polícia Federal afirmou ontem (19), em balanço feito de suas atividades na defesa dos cofres públicos e combate a criminosos, que já realizou mais de 100 operações para reprimir o desvio e a utilização indevida de verba pública federal destinada ao enfrentamento da Covid-19 em todo o país. Segundo ela, o volume investigado já alcançou a cifra de R$ 3,2 bilhões.

Os estados com valores mais expressivos sob investigação são o Pará, que aparece disparado (R$ 1,4 bilhão), seguido do Rio de Janeiro (R$ 850 milhões), Pernambuco (R$ 198 milhões), São Paulo (R$ 118 milhões), Minas Gerais (R$ 100 milhões), Rondônia (R$ 92 milhões) e Piauí (R$ 82 milhões).

Ou seja, o Pará, durante a gestão de Helder Barbalho no governo, é o estado que lidera o volume de recursos sob investigação de desvio pela Polícia Federal, com quase R$ 600 milhões à frente do Rio de Janeiro (gestão Witzel), o segundo colocado.

Até o momento, ainda de acordo com o balanço, a PF já apreendeu mais de R$ 190 milhões em 103 operações pelo Brasil. Os números impressionam pela ousadia em abocanhar dinheiro público. enquanto pessoas morrem ou padecem nos hospitais com a doença para a qual a ciência ainda não encontrou a cura, somente vacina. No Pará, o número de mortos pela Covid-19 está perto de alcançar 16.000 vítimas.

  Pesquisas divergem sobre quem lidera a disputa pelo senado no Pará

Desde a deflagração da primeira operação para apurar os desvios, a Alquimia, na Paraíba, em abril do ano passado, outras 102 operações foram realizadas até o dia 13 de julho. O Amapá é o estado com maior número de operações (11), seguido por Maranhão (10), Pernambuco (8), Sergipe (8), Rio de Janeiro (7), São Paulo (6), Piauí (6), Pará (6) e Rondônia (4).

A PF já cumpriu 158 mandados de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e 1.536 mandados de busca e apreensão em 205 municípios de 26 unidades da Federação, já tendo apreendido R$ 190 milhões desde a primeira operação.

( Do Ver-o-Fato, com informações de Vianey Bentes, da CNN, em Brasília)



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas