S11D avança na implantação do Corredor Ecológico

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Uma área maior que 2 mil campos oficiais de futebol está em processo de recuperação ambiental, em Canaã dos Carajás. A ação é resultante das atividades do Programa de Reconectividade Florestal desenvolvido pelo Projeto S11D. Em três anos de trabalho, o programa já soma mais de 180 mil mudas plantadas de espécies nativas como a castanheira, por exemplo, que já soma mais de 10 mil unidades.

O engenheiro florestal Mario Oliveira explica que o reflorestamento é realizado em áreas de pastagens adquiridas pela Vale. Segundo ele, parte dessas áreas foram protegidas para favorecer a recuperação por meio da metodologia conhecida como indução da regeneração natural. “Os pastos possuem um banco de sementes de grande diversidade, pois estão próximos à FLONA. A ação do vento possibilita a dispersão natural, o que é muito positivo para a conservação de espécies nativas da Amazônia” afirma o engenheiro.

O trabalho recebe apoio do Instituto Tecnológico Vale (ITV), com o acompanhamento do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

O Corredor Ecológico é resultante do Projeto de Reestabelecimento da Conectividade Florestal, parte integrante do Programa Básico Ambiental do S11D. O objetivo é criar um cinturão verde, interligando os fragmentos de florestas separadas por pastos.

  Surto de Coceira atinge escola de Canaã e alunos vão parar no hospital

O programa se estenderá por toda a implantação e operação do projeto Ferro Carajás S11D. A meta da empresa é recuperar mais de 3 mil hectares de floresta em dez anos.

 

Equipe de Redação do Portal Canaã com informações da Vale



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas