Projeto S11D utiliza tecnologia inovadora de automação de subestações elétricas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Mais segurança na atividade, precisão nas informações e produtividade. Esses são alguns dos benefícios da nova tecnologia de automação de subestações elétricas que está sendo implantada no Projeto S11D. Essa é a primeira vez na Vale que uma planta inicia suas atividades com o sistema de comunicação integrada conhecido como IEC61850, que utiliza dispositivos acoplados ao sistema elétrico. Ele permite a análise dos dados e o comando do sistema à distância, via computadores, além de agilizar as atividades de manutenção.

Conheça dos benefícios da nova tecnologia

  • Coleta de dados mais segura. Com a nova tecnologia, todos os dados e parâmetros elétricos serão disponibilizados online. Assim, eles poderão ser consultados e tratados em tempo real e à distância, afastando o mantenedor eletricista da zona de risco elétrico. No sistema convencional, a coleta de dados é feita na própria subestação.
  • Produtividade. Com o novo sistema é possível avaliar a produtividade específica de cada equipamento (relação de consumo por tonelada de minério), permitindo que ele possa trabalhar com eficiência, segurança e menor custo operacional. No método convencional, essa avaliação é feita com base na média da produtividade do total da área avaliada.
  • Diagnóstico de manutenção X tempo de atuação. A nova tecnologia permite identificar com precisão o local e o tipo de ocorrência por meio da gestão de ativos online, possibilitando programar uma parada para manutenção direcionada e com tempo muito menor. Isso diminui os riscos de falha humana por parte do operador, reduzindo o número de intervenções para solução do problema e minimizando as perdas de produção.
  • Menor custo com mais segurança. A adoção desse sistema proporcionou uma economia de aproximadamente 600 quilômetros de cabos elétricos em comparação ao método convencional, adotando o uso de fibras óticas ao invés de cabos metálicos, assim como equipamentos mais simples e com menor custo de manutenção. Além disso, poucos mantenedores eletricistas conseguem realizar análise, rearme e manobras no sistema elétrico com uma distância segura, ficando menos expostos aos riscos da atividade.
  • Operação simplificada. Com o sistema unificado, fica mais simples fazer o controle da planta, pois alterações nos parâmetros de proteção são feitos via software, sem intervenção humana nos painéis e equipamentos. Outra grande vantagem é em caso de falha do sistema: quando bem ajustado, ele informa com precisão de milésimos de segundo qual foi o evento causador do problema, permitindo que a manutenção atue de forma rápida para restabelecer o sistema elétrico e evitar perda de produção.
  Último dia para inscrição em programa de Jovem aprendiz da mineradora Vale

Primeiro teste usando o novo sistema

No último mês, o S11D energizou o transportador 8 do pátio de regularização, na usina. No total, três motores foram acionados com auxílio da nova tecnologia. A atividade foi a maior do tipo no meio industrial mundial.

s11d_subestacoes eletricas
Subestações elétricas do S11D

 



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas