Projeto qualifica mulheres no ramo da construção civil em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: Vando Douglas @vandodouglasoficial

Cada vez mais mulheres aceitam desconstruir estereótipos para vencer a desigualdade. Dessa forma, tem sido mais comum encontrá-las em setores que antes eram dominados por homens. Agora essa será a realidade de algumas mulheres de Canaã dos Carajás.

Quem pode confirmar isso, são as mulheres beneficiadas pelo projeto Mulheres de Canaã que se inscreveram no curso de construção civil. No conteúdo programático elas aprendem como desenvolver serviços de pedreiro de alvenaria, elétrica, hidráulica e pintura predial.

A iniciativa e repercussão do assunto ‘meninas na construção’ surpreendeu o professor José Wilson que tem 28 anos de experiência no ramo. “Eu não pensei que iam se destacar tanto, mas realmente, elas são espetaculares. São esforçadas, inteligentes, dedicadas no que fazem”, rasgou-se em elogios.

“Para mim é motivo de orgulho ensinar essas mulheres, porque são guerreiras e muito fortes”, orgulhou-se ao agradecer a iniciativa da prefeitura de Canaã dos Carajás.

Segundo José Wilson, as primeiras aulas não foram fáceis, mas elas se adaptaram ao conteúdo ministrado. Na parte prática, elas se destacam nos serviços de acabamento, como lixamento, elétrica e alvenaria.

Não é para menos que elas decidiram contagiar os canteiros de obras com a força do trabalho feminino. Além disso, o público alvo são pessoas em situação de vulnerabilidade social.

  Canaã entrega 292 títulos de regularização fundiária a famílias canaenses

Mãe de três filhos e dona de casa, Raquel Vieira, 32 anos, decidiu participar da qualificação para conseguir entrar no mercado de trabalho. “O que me motivou foi em ter essa profissão foi por quase não ter mulheres nessa área, achei uma ótima oportunidade de aprendizado e garantir um emprego onde sempre se vê mais homens trabalhando”, explicou a aluna do curso.

Raquel compartilha que entrou sem nenhuma experiência, mas está confiante com todas as novidades. “As aulas teóricas e práticas foram além do que posso explicar. É uma experiência maravilhosa. Vejo que eu como mulher posso ter essa profissão e exercer com excelência”, afirmou.

Assim como Raquel, muitas mulheres estão se despertando e vencendo os próprios preconceitos. “As mulheres estão com a mão na massa e descobrindo que conseguimos fazer esse trabalho igual ou até melhor por sermos cuidadosas e querermos tudo bonito até superar as expectativas”, concluiu.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas