Projeto leva capacitação para professores da rede municipal no sudeste do Pará

Com o objetivo de contribuir com a ampliação do alcance e da qualidade da educação no Pará, o projeto Trilhos da Alfabetização realiza, nos meses de fevereiro e março, ações de formação continuada com professores de oito munícipios paraenses. Bom Jesus do Tocantins, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Ourilândia do Norte, Parauapebas e Tucumã são as cidades que integram a ação promovida pela Fundação Vale em parceria com as prefeituras municipais, por meio de suas secretarias de educação, e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), com investimentos da empresa Wheaton Precious Metals e do BNDES, via Fundo Socioambiental. Nos municípios, o projeto soma esforços com o Alfabetiza Pará, programa da Secretaria de Estado de Educação.

No total, serão 24 horas de formação on-line e 16 horas presenciais voltadas para todos os professores das redes de ensino municipais que atuam na educação de anos iniciais, com alunos do 1º ao 3° ano do ensino fundamental. Parauapebas foi um dos municípios que já recebeu a realização do 1º ciclo de formação para 269 professores em 2024. A atividade aconteceu na escola Dorothy Stang, no bairro Cidade Jardim. Foram realizadas formações também em Marabá com a participação de 368 professores da sede e da zona rural e com 89 profissionais do município de Curionópolis.

A iniciativa visa ampliar ainda mais o conhecimento dos profissionais da educação para que os estudantes possam seguir com a melhor oferta educacional e o direito assegurado de serem alfabetizados na idade certa.

Para a professora Cristiane Coelho, que atua na rede municipal de ensino de Parauapebas, a oportunidade foi proveitosa. “Tive a honra e o prazer de participar da formação que é maravilhosa para o nosso crescimento pessoal e profissional, porque ela oportuniza um espaço de aprendizagem no qual podemos trocar experiências e refletir sobre a nossa prática, sendo uma oportunidade de termos novos elementos norteadores para a melhoria da qualidade do ensino no nosso município”, comenta.

No mês de fevereiro, também foi a vez dos municípios de Ourilândia do Norte, Bom Jesus do Tocantins, Tucumã e Eldorado do Carajás participarem da iniciativa. Para o mês de março, está prevista ação de formação com os profissionais de Canaã dos Carajás.

O Trilhos da Alfabetização busca celebrar a cultura dos territórios, valorizando seus patrimônios, suas artes e paisagens, além de personalidades referências na construção das identidades paraenses. O projeto propõe, assim, uma aprendizagem significativa, que parte do conhecimento que as crianças trazem para a escola. A iniciativa também conduz a formação continuada de quase 2 mil professores, coordenadores pedagógicos, gestores e técnicos das secretarias municipais, além de ações com o envolvimento das famílias para promover a aprendizagem, o fortalecimento da gestão municipal e uma cultura de acompanhamento e avaliação da aprendizagem das crianças.

“Na Fundação Vale, buscamos contribuir para uma vida digna e para assegurar a autonomia nas comunidades onde a Vale atua. Isso passa necessariamente pelo fortalecimento das políticas públicas de educação. Buscamos, assim, apoiar as secretarias de Educação, as escolas e os educadores das redes públicas municipais, com foco na alfabetização plena.”, afirma Flavia Constant, presidente da Fundação Vale.

Balanço de atuação

Criada há 54 anos, a Fundação Vale busca contribuir para o desenvolvimento dos municípios onde a Vale atua, por meio do fortalecimento de políticas públicas e da atuação conjunta com instituições parceiras. Além do Trilhos da Alfabetização, a Fundação desenvolve o projeto Territórios em Rede, a Cidade Escola Aprendiz que atua no combate à exclusão escolar por meio da busca ativa; e o Ciclo Saúde Proteção Social, implementado pelo Centro de Promoção da Saúde (CEDAPS) para o fortalecimento da saúde e da assistência social, por meio de doação de equipamentos e formação permanente de profissionais. Mais informações sobre a atuação da Fundação Vale podem ser acessadas nos relatórios que a mineradora divulga semestralmente com o balanço dos seus investimentos no Pará no site www.vale.com/pa.

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *