Com desemprego em alta, primeiros meses de 2016 foram criadas 792 vagas em Canaã dos Carajás

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

O primeiro balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostrou que, em Canaã dos Carajás, houve 792 vagas entre os meses de janeiro e fevereiro de 2016.

Ainda de acordo com os dados do Caged, o setor de extração mineral foi um dos mais afetados nos primeiros meses do ano. Para mudar a perspectiva, os candidatos estão buscando cursos profissionalizantes para ter um diferencial na hora de conseguir uma vaga de trabalho, especialistas na área garantem que a qualificação é a melhor saída para driblar a crise em qualquer setor.

O que deixa os Canaenses preocupados é o fato que no processo de implantação do projeto S11D está sendo gerados em média 5.200 empregos diretos, com picos de obras de até 30.000 mil empregos temporários, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nos primeiros meses deste ano foram abertos 770 postos de trabalho na construção civil o que apresenta emprego temporário. O início da operação está previsto para 2016 com uma estimativa para geração de 2.600 empregos permanentes, o que poderá ocasionar várias demissões nos próximos meses.

 

Equipe de Redação do Portal Canaã

  Contação de história estimula crianças da era digital a se divertirem longe das telas



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas