Canãa dos Carajás está à frente de sete capitais no índice de desenvolvimento municipal da Firjan no Pará

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Canaã dos Carajás lidera o ranking do índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) no Pará e está à frente de Aracaju, Porto Velho, Salvador, Maceió, Manaus, Macapá, além de Belém, capital do Estado. O IFDM é referência para o acompanhamento do desenvolvimento socioeconômico brasileiro desde 2005. O último relatório é de dezembro. Na cidade, a Vale mantém a mina de cobre do Sossego e está construindo o S11D, o maior projeto de mineração da história da empresa.

Nos últimos 12 anos, foram destinados pela Vale ao município mais de R$ 900 milhões em investimentos sociais e pagamentos de impostos. Do volume repassado pela empresa, R$ 612 milhões são referentes ao pagamento de ISS (Imposto Sobre Serviço) e CFEM (Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) entre 2004 e novembro de 2015. Em ações sociais, os investimentos somam cerca de R$ 300 milhões, dos quais R$ 280 milhões em contrapartida por conta da implantação dos projetos e R$ 16 milhões, voluntariamente, por meio da Fundação Vale. São obras de infraestrutura, educação, saúde, cultura, lazer e programas de formação profissional, realizados em parceria com a prefeitura, que ajudaram Canaã a melhorar sua posição no índice da Firjan e os serviços oferecidos à população.

  Surto de Coceira atinge escola de Canaã e alunos vão parar no hospital

O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal acompanha o desenvolvimento socioeconômico por meio de três índices: Emprego e Renda, Educação e Saúde, baseado em dados oficiais dos ministérios da Saúde, Educação e Trabalho e Emprego. Além do índice do país, são avaliados os dados por região geográfica, estados e municípios. Em 2013, ano-base da pesquisa divulgada em dezembro, Canaã apresentava um índice de 0,7351 em um ranking que vai de 0 a 1, no qual quanto mais próximo de 1, maior é o desenvolvimento da localidade. Em relação a 2005, a cidade cresceu 25% no índice, passando de um desenvolvimento socioeconômico regular para moderado. O município também apresentou evolução nos três indicadores do IFDM. A expectativa é que os indicadores, principalmente em saúde e educação tenham ainda maior crescimento com os investimentos provenientes do S11D.



 

 

Já sabe quem são os candidatos do seu estado pra eleições 2022?

AC AL  AM  AP  BA  BRASIL  CE  DF  ES  GO  MA  MG  MS  MT  PA  PB  PE  PI  PR  RJ  RN  RO  RR  RS  SC  SE  SP  TO 

Deixe uma resposta

Ofertas