Bióloga morta na PA-160, entre Canaã e Parauapebas, é sepultada em Palmas

(Gazeta Carajás) – Com muita tristeza e emoção, Pâmella Oliveira Carvalho, de 33 anos, foi sepultada na manhã desta quinta-feira, 19 de outubro, em Palmas, capital do estado do Tocantins. A jovem perdeu a vida em um trágico acidente de trânsito na PA-160, entre Canaã dos Carajás e Parauapebas na última terça (17).

Pâmella, que era bióloga, dirigia seu carro em direção a Canaã quando perdeu o controle do veículo e colidiu de frente com um caminhão que vinha no sentido contrário. A jovem morreu ainda no local. A suspeita é que a forte chuva que caía na estrada tenha atrapalhado as condições de visibilidade e dirigibilidade.

A bióloga estava a caminho de Canaã para visitar a família . Sua irmã é empresária do ramo de farmácias e a aguardava quando soube do ocorrido. Pâmella completaria 34 anos em 5 de dezembro deste ano e morava em Parauapebas, cidade onde trabalhava.

Receba as notícias do Portal Canaã

Siga nosso perfil no Google News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *